Homicida de Boieiros condenado a 23 anos de prisão

0
1318

A sentença determinada pelo colectivo de juízes, liderado pela juíza Maria João Velez, ditou uma pena única de 23 anos de prisão para o homem que matou o irmão e a cunhada em Setembro de 2012, em Boieiros, Mata Mourisca. Acusado de dois crimes de homicídio qualificado e do crime de detenção de arma proibida, acabou por ser condenado por dois crimes de homicídio simples, agravado pelo uso de arma, tendo sido absolvido do crime de detenção de arma. No desfecho deste caso, além da pena aplicada, ficará também a marca do “silêncio” de vários anos, quebrado de uma forma trágica.

Leia mais na edição impressa.