Câmara investe meio milhão de euros na requalificação do Jardim do Vale

0
827

Intervenção pretende valorizar as potencialidades do espaço verde localizado na malha urbana da cidade, desde a rotunda do monumento ao Agricultor até à Avenida Heróis do Ultramar

 

Com vista a potenciar um “espaço verde de proximidade, amplo e confortável pela elevada exposição solar” e a sua “proximidade a outros espaços verdes da cidade como o jardim das Oliveiras e a trilhos pedonais como o existente, até à Aldeia do Vale”, a Câmara Municipal de Pombal vai investir cerca de meio milhão de euros na requalificação do Jardim do Vale.
Uma empreitada que, segundo o presidente da autarquia, pretende intervir em toda a zona envolvente à ribeira do Vale, desde a rotunda do monumento ao Agricultor até ao Jardim do Vale, localizado junto ao cruzamento da Avenida Heróis da Ultramar e a desclassificada EN 237, encaixado na malha urbana, dentro do perímetro urbano.
O projecto prevê a redefinição e pavimentação dos percursos pedonais, a construção de um campo de andebol de praia, a renovação do parque infantil existente e o parque de fitness ao ar livre, bem como a ligação da ciclovia da EN237 desclassificada ao percurso do jardim.
Por outro lado, será introduzida vegetação repícola no lago e margens, reforçando o carácter naturalista previsto de forma intencional no projecto original do jardim, assim como a criação de uma passagem pedonal em entre margens do lago artificial.
“Deseja-se com a implantação desta proposta, numa primeira abordagem, colmatar as lacunas encontradas no jardim e recuperar as estruturas degradadas, devolvendo ao mesmo a dignidade que merece para a sua utilização, com mais frequência pela população e, numa segunda abordagem, incrementar a qualidade estética e visual através da substituição de alguma estrutura verde”, refere a arquitecta paisagista Mónica Mota.
Por outro lado, o projecto foi desenvolvido numa perspectiva de conexão do Jardim do Vale e o das Oliveiras. Um espaço estendido ao longo de toda a margem da ribeira do Vale, ao longo da designada “estrada dos Caseirinhos”.
Para ali, o projecto propõe a criação de um percurso pedonal de conexão entre os dois espaços verdes com integração de uma passadeira na Avenida Heróis do Ultramar, bem como a criação de um percurso pedonal, acessível a todos, em toda a extensão do jardim, para travessia mas também para a ligação a percursos utilizados para manutenção física e exploração da natureza como por exemplo a
Grande Rota 26 da Aldeia do Vale.
Está prevista, ainda, entre outros aspectos, a criação de uma passagem pedonal entre as duas margens da ribeira que atravessa longitudinalmente os jardins de forma a facilitar o acesso ao campo polidesportivo existente, que deverá ser enquadrado no jardim e na paisagem envolvente, com a constituição de lugares de estacionamento.

Orlando Cardoso