Governo deu luz verde à abertura de mais duas turmas no IDJV

0
241

O Ministério da Edução aprovou o financiamento para a abertura de mais duas turmas de início de ciclo, no Instituto D. João V (IDJV), ao abrigo do contrato de associação. “As duas turmas reportam-se ao 5.º ano, sendo que, a partir desse momento, terão continuidade para os anos seguintes”, prevendo-se que “cada uma delas tenha cerca de 20 alunos”, adiantou a directora do colégio, localizado no Louriçal.

Para Mónica Gama, a luz verde dada pelo Ministério da Educação à abertura destas turmas é um sinal do “reconhecimento de que temos trabalhado bastante e de que temos um Projecto Educativo moderno, diversificado e diferenciador”. A directora destaca a ligação da escola à comunidade, mas também as “parcerias fortes” que têm sido estabelecidas, “que valorizam o IDJV, quer no que às instalações diz respeito quer no que se refere à sua missão e valores”. Em suma, “estamos de mãos dadas com a comunidade e com as instituições”, reforça a directora.

Por outro lado, Mónica Gama reconhece que a aprovação de duas turmas no 5.º ano de escolaridade dá, ao IDJV, “um futuro ainda mais promissor”, pelo que “estamos muito contentes e motivados”.
“Queremos, mesmo, fazer a diferença na vida das nossas crianças” e, nesse contexto, “fizemos parcerias profícuas com várias instituições”, como é o caso de Cambridge, por exemplo.
“Os nossos meninos do 5.º ano vão ter inglês como actividade extracurricular; vão ter natação gratuita duas vezes por semana; clube de música; academia das letras; academia das artes e das ciências; literacia financeira, enfim, actividades que darão aos alunos competências importantíssimas para serem, um dia, cidadãos proactivos, competentes, participativos e, acima de tudo, pessoas resolvidas e felizes”, realça a directora.
Com o Instituto D. João V a atravessar uma “fase de crescimento”, Mónica Gama acredita que, na sequência desta aprovação, “outras turmas virão, quer do ensino geral quer do ensino profissional”. No caso concreto do ensino profissional, “queremos, num futuro próximo, abrir mais opções”, adianta aquela responsável.
“Neste momento, o Projecto Educativo que rege esta instituição de ensino vai, de forma integral, ao encontro dos alunos, dos seus interesses e das suas aspirações”, sublinha Mónica Gama.
O IDJV tem, neste ano lectivo, 61 alunos matriculados no 2º ciclo, 99 no 3º ciclo e 104 no ensino secundário (geral e profissional).

*Notícia publicada na edição impressa de 06 de Junho