Cooperação TV

0
836

nível local, regional ou nacional, não faltam esta semana temas para esta crónica. A sua abundância – que nem sempre acontece – é inversamente proporcional ao tempo, para a escrita. Escolhi o nascimento da Pombal TV (televisão online), formalmente a emitir desde 1 de Março, não só pelo regozijo da sua chegada ao panorama da comunico o social local e regional – a montante e a jusante do projecto, por todos partilhado – mas também por um factor que esteve na sua génese e que dá título a esta crónica: A Cooperação! De facto hoje existe uma e não duas Pombal TV. Neste caso, “menos” significa “mais”. No inicio, havia dois projectos Pombal TV, creio que em moldes semelhantes, sem que um soubesse da existência do outro, sem que cada um dos seus mentores se conhecesse sequer. Com poucos dias de intervalo, cada um dos mentores apresentou a sua “Pombal TV”, junto da Camara Municipal de Pombal e do seu gabinete de comunicação, que ao receber cada projecto separadamente, estebeleceu pontes e contactos entres os dois, dadas por certo as várias semelhanças de objectivos. Perante isto, cada um dos mentores dos dois projectos tinha um de dois caminhos: Continuar individualmente, competindo pelo mercado publicitário, pelas parcerias, pelos conteúdos e pela audiência, ou juntavam os dois projectos num só, necessariamente mais sólido com a partilha de conhecimentos, competências, meios e mercados. Escolheram a segunda opcção e fundiram as duas embrionárias Pombal TV, na Pombal TV que hoje existe. Em vez da mera competição, que muitas vezes deriva para a teimosia, foi escolhida a cooperação, em vez da divisão, foi escolhida a sinergia, em vez do egoísmo, a partilha! Rara prova de inteligência, esta que nos foi dada pela Pombal TV, pela Rita e pelo Jaime, que abicaram de cada um dos seus projectos para em conjunto trilharem um caminho mais sólido, mais completo, mais abrangente e dinâmico. Por outro lado deve-se destacar também o papel da Camara Municipal de Pombal, que se assumiu como catalisador e facilitador da cooperação que agora observa-os na Pombal TV, estabelendo e promovendo as pontes e contactos. Simples e eficaz! Assim todos ficam a ganhar: A Pombal TV, o Jaime e a Rita, o mercado, os conteúdos, os parceiros, os colaboradores, as instituições, o auditório. Em suma, é Pombal que fica a ganhar. Nem sempre isso acontece. Muitas vezes a divisão triunfa sobre a cooperação. E nem será preciso um esforço muito grande para observar exemplos concretos, seja nas empresas, nas associações, na política ou até nas famílias. Ora este é muitas vezes um factor crítico de…insucesso! Por isso, a Pombal TV, fruto da cooperação e não da divisão, percorreu já boa parte do caminho – longo e difícil – para um sucesso que por todos os motivos, desejamos.

Jorge Cordeiro

jorgeagcordeiro@gmail.com