A JSD de Pombal é diferente

0
1111

Quem anda mais atento já percebeu que a JSD é diferente. Não é diferente apenas por ser uma estrutura com mais militantes que o próprio PS e CDS em Pombal. Isso é a diferença dos números que apenas se explica pela outra diferença que a simples aritmética não nos permite, só por si, desvendar. A JSD é diferente porque faz diferente, porque pensa diferente, porque não se fica pelas palavras, porque não caí na crítica fácil, nem se move por ódios ou sede de protagonismo.

É diferente porque mesmo estando (o PSD) há 20 anos no “poder” é quem mais propostas e alternativas apresenta ao executivo. É diferente porque tem conteúdo, verdadeiro conteúdo. E eu sei, todos sabemos, que é isso que dói, é isso que incómoda. Porque não incomoda quem nada faz, quem apenas critica ou quem mente e distorce as verdades para dar de alimento à sua vaidade, um pouco mais de mediatismo.

Nos últimos anos (falemos apenas dos últimos 4) a JSD apresentou mais de 6 propostas nos mais variados fóruns de poder, quer na Assembleia Municipal (onde temos assento) quer na Assembleia da República (onde temos legítimos representantes). Apresentámos as propostas da CASA DA JUVENTUDE para a Casa dos Varela, do PARQUE VERDE da cidade de Pombal, dos JULGADOS DE PAZ e do GEOPARQUE SERRA DE SICÓ. Mas fomos para além das fronteiras do concelho e apresentamos uma proposta que visa a criação do novo ESTATUTO DO ESTUDANTE-TRABALHADOR na AR. Por fim, a proposta de regulamento do ORÇAMENTO PARTICIPATIVO, a primeira deste novo mandato. Podia-mos ainda juntar o arrendamento jovem na zona histórica, as preocupações com a descentralização e a necessidade de dar mais voz às freguesias com a criação dos Núcleos da JSD… entre tantas e tantas outras.

É isto que nos torna diferentes. É o não ficar pelas palavras, pela mera intenção, por uma “atabalhoada” tentativa de mostrar trabalho ou preocupação instantânea por temas dos quais se possa explorar algum descontentamento da população (especialidade da nossa oposição).

É esta pro-actividade que nos define, é esta verdade que nos caracteriza, é este querer que nos molda e faz de nós, o que somos. Pombal e os jovens pombalenses sabem, há muito tempo, que podem contar connosco.

Pedro Brilhante