Câmara apresenta novas plataformas digitais

0
1480

Uma Plataforma Cultural Digital, criada pela Câmara Municipal de Pombal, e que pretende ser uma montra de todos os agentes culturais do concelho vai ser apresentada hoje (quinta-feira), pelas 18 horas, numa sessão pública a decorrer nos Claustros dos Paços do Concelho.

Para além daquela plataforma, que irá reunir toda a oferta cultural do município, disponibilizada por diversos grupos, associações e colectividades do concelho, a autarquia presidida por Diogo Mateus, dará a conhecer o novo Portal do Município.

Concebido inteiramente pelos técnicos da Unidade de Informática e Modernização Administrativa do município, o novo portal irá substituir o actual que já remonta a 2009. O novo sítio do município na internet apresenta novas funcionalidades e uma melhoria na qualidade de informação, imagem e som”, segundo refere fonte da autarquia, que destaca o facto de poder existir uma maior interacção com os cidadãos, nomeadamente, através da disponibilização de novos serviços no “Balcão Digital”.

Por outro lado, a Câmara Municipal irá apresentar publicamente a aplicação para smartphones e tablets, que disponibilizará aos munícipes, e ao público em geral, um conjunto de informações úteis sobre o concelho. A “app” permitirá, ainda, entre outras funcionalidades, que qualquer cidadão comunique à autarquia qualquer situação que considere anómala, como quedas de árvores, rupturas de água, entupimento de sarjetas, entre muitas outras, assim como solicitar a recolha de monos.

Outra das novidades que será apresentada pela autarquia prende-se com a rede “Pombal WiFi” que aumentará a oferta de internet gratuita no concelho, alargando de 18 para 23, nesta primeira fase, o número de pontos disponíveis, quer no interior de espaços e edifícios municipais, como em zonas públicas.

Com as novas plataformas e serviços, a Câmara Municipal pretende “marcar a diferença na inovação e modernização administrativa”, reforçando, também, a “aposta na transparência da sua gestão”, adianta a mesma fonte. 

Orlando Cardoso