“Porta Aberta” alargado às sedes de freguesia

0
618
_MG_3955
O Porta Aberta integra projectos como a Mercearia da Praça e a Culnatur

A Câmara Municipal de Pombal pretende alargar o programa de incentivo ao arrendamento comercial a jovens na zona histórica da cidade, “Porta Aberta”, a todas as freguesias do concelho. Uma iniciativa, que está a decorrer desde 2014, com o objectivo de incentivar os jovens empreendedores a iniciarem a sua actividade comercial com rendas reduzidas e sob a égide de uma filosofia de partilha de espaços. O anúncio foi feito pelo presidente da autarquia, Diogo Mateus, durante a última reunião do executivo camarário, dando conta que o assunto já foi abordado com os respectivos presidentes de juntas de freguesia. “Em breve estaremos em condições de apreciar o respectivo regulamento” disse o edil, esperando que o programa entre em vigor em Janeiro do próximo ano. Segundo o autarca social-democrata, a ideia surgiu devido ao “sucesso” que o programa tem registado no centro histórico da cidade e, por se verificar que, um pouco por todas as freguesias, “vão começando a haver um conjunto de micro-negócios” que poderão recorrer àquele tipo de incentivos para se instalarem. Diogo Mateus pretende que o programa seja implementado, principalmente, nas sedes dos núcleos urbanos correspondentes às antigas 17 freguesias, uma vez que “ainda hoje se discute onde é a sede das uniões de freguesia”. O “Porta Aberta” foi criado, não só para revitalizar e dinamizar a zona histórica, mas também potenciar a actividade comercial através da instalação de jovens empreendedores.

Orlando Cardoso