A 81ª Volta a Portugal em Bicicleta vai passar pela região na etapa inaugural, onde estará montada uma meta volante em pleno centro da cidade de Pombal. A prova rainha do ciclismo nacional percorrerá os territórios da Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria a 1 de Agosto.
Aquele dia corresponderá à primeira etapa da prova, com uma distância de 174,7 Kms, ligando Miranda do Corvo a Leiria.
O primeiro concelho da CIMRL a receber os ciclistas será Castanheira de Pera, por volta das 14h20 horas, seguindo-se Pedrógão Grande, onde estarão localizados dois “Prémio de Montanha de 4ª categoria”. Por cerca das 15h20 a prova entrará no concelho de Figueiró dos Vinhos, onde será instalado um “Prémio Montanha 2ª categoria”, em Arega.
Em Alvaiázere, haverá uma meta volante frente à Câmara Municipal, com passagem prevista para as 16h00, antes de os ciclistas pedalarem para o concelho vizinho de Ansião.
Já na cidade de Pombal, a Volta entrará, por cerca das 16h50, junto à rotunda do Monumento ao Bombeiro, descendo a Avenida Heróis do Ultramar em direcção ao Largo do Cardal onde estará instalada uma meta volante, com passagem prevista para as 16h55.
A corrida prossegue pela cidade em direcção ao IC2, em direcção à cidade de Leiria, para onde está prevista a chegada à meta às 17h40, na Avenida Dr. João Soares.
A 81ª Volta a Portugal Santander decorrerá este ano de 31 de Julho a 11 de Agosto e contará com cerca de 160 ciclistas nas estradas do país. A prova desenrolar-se-á em 11 dias de competição, sendo que o dia 31 de Julho ficará reservado para o Prólogo de apresentação das equipas, em Viseu, decorrendo nos dez dias seguintes as etapas de competição.

Partilhar
Artigo anteriorMAKEOVER TOTAL [apresentação c/ vídeo]
Próximo artigoCasa das Gatas: um espaço inovador onde o rústico se mistura com o contemporâneo
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.