Feira nacional mostra excelência do artesanato e tasquinhas

0
1888

Cerca de 170 artesãos representativos de todas as regiões do país e 14 tasquinhas das várias freguesias do concelho, são os ingredientes para mais uma edição da Feira Nacional de Artesanato e Tasquinhas que irá decorrer durante o fim-de-semana no centro municipal de exposições (Expocentro).

“Valorizar o artesanato nacional, pela sua importância cultural, económica e social” e “promover a divulgação e comercialização do artesanato nacional, nas vertentes tradicional e contemporânea”, são alguns dos objectivos organização a cargo da Câmara Municipal de Pombal em parceria com a Associação de Desenvolvimento e Iniciativas Locais (Adilpom), contando com os apoios financeiros e técnicos do Instituto do Emprego e Formação Profissional e da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Pombal.

Com um orçamento de 40 mil euros, o evento pretende, ainda, “fomentar o aparecimento de jovens artesãos e de novas actividades na área dos ofícios tradicionais” e, “envolver a comunidade pombalense na dinamização de iniciativas de cariz educativo, de animação e de promoção de produtos locais, ao nível do turismo e da gastronomia”, refere a autarquia.

Este ano a feira contará com a presença de cerca 170 expositores representando todas as regiões do país, dos quais 58 do concelho. Já na tenda destinada à mostra gastronómica concelhia, estarão patentes 14 tasquinhas a cargo de associações e colectividades das várias freguesias do município, que têm como tarefa divulgar e dar a degustar os sabores do território. Acrescem, ainda, alguns espaços de mostra e divulgação de produtos regionais e locais.

A inauguração da Feira Nacional de Artesanato e Tasquinhas de Pombal está marcada para as 17h30 horas de amanhã, sexta-feira, animada pela actuação do grupo “Toca sem Dó”, enquanto à noite subirá ao palco a Orquestra de Harmónicas de Ponte de Sor.

No dia seguinte, terá lugar a partir das 16 horas, uma mostra folclórica, com a presença os ranchos Infantil “As Pedrinhas de Sicó”, Centro Sócio-Cultural, Recreativo e Folclórico da Charneca, da Cercipom, do Barrocal e as “Rolinhas” do Casal da Rola. O grupo “Comvinha Tradicional” animará a noite, a partir das 22 horas.

Por sua vez, os “Amigos do Cavaquinho” e o grupo de Concertistas Sons de Sicó animarão a tarde e a noite de domingo.

Por outro lado, mantêm-se a realização dos habituais ateliers infantis. O município disponibiliza a rede Pombus para garantir o transporte entre a cidade e o Expocentro.

Partilhar
Artigo anteriorCDS-PP quer ser a “maior surpresa” da noite eleitoral
Próximo artigoAgitação de ondas coloridas em noite política nas tasquinhas
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal”, quinzenário com o qual deixou de colaborar no final de Maio de 2020.