Cercipom promove projecto de “pinha solidária”

0
1789

A Cooperativa de Ensino e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Pombal (CERCIPOM) está a promover um projecto, considerado inovador, que consiste na colheita de pinhas de pinheiro, a sua embalagem e comercialização, anunciou a instituição.

Numa nota de imprensa, aquela cooperativa de solidariedade social esclarece que “a actividade desenvolve-se com a colaboração do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), que definiu quais as áreas e os locais onde se desenrolará a colheita das pinhas” bem como através de uma parceria com a empresa Carvopombal, lda, que terá a seu cargo o transporte e o embalamento das respectivas pinhas, e a loja de Pombal “Bricomarché”, que procederá à sua comercialização.

Segundo a Cercipom, a iniciativa pretende, por um lado angariar fundos financeiros para a Instituição, uma vez que toda a receita resultante da venda reverterá a seu favor, e por outro lado proporcionará que os seus clientes se envolvam, com o acompanhamento dos técnicos, numa acção favorável à sua autonomização e capacitação. “Espera-se que sejam colhidas e comercializadas entre duas a três toneladas de pinhas”, refere.

Citado no documento, Manuel Ferreira dos Santos, presidente da Direcção, realça a importância daquela actividade para os clientes da Cercipom, uma vez que, “proporcionará experiências que contribuirão para o desenvolvimento das suas competências”, bem como para “a sua autonomia, para que se sintam indivíduos verdadeiramente independentes, reflectindo-se desta forma na sua qualidade de vida”.

O dirigente sublinha, igualmente, o facto de a iniciativa permitir à Cercipom, única entidade interventiva na área da deficiência no concelho de Pombal, angariar receitas tão necessárias para o desenvolvimento da sua missão, pelo que espera contar, mais uma vez, com a participação da comunidade através da aquisição dos sacos de pinhas, colocados à sua disposição na loja “Bricomarché”.

O projecto será apresentado publicamente na próxima segunda-feira, dia 20, na Mata Nacional do Urso, junto à Estrada Atlântica, no decorrer de uma acção de colheita de pinhas a cargo dos utentes da Instituição.

ORLANDO CARDOSO (texto)