Antiguidades, artesanato, tasquinhas e encenação histórica recordam Batalha da Redinha

0
1176

A Batalha da Redinha, travada a 12 de Março de 1881, volta a ser recriada este fim-de-semana. Ainda que este sempre um dos momentos mais aguardados do programa comemorativo, marcado para as 11h00 de domingo (17), há muitos outros motivos de atracção para visitar a festa, organizada pela Junta de Freguesia da Redinha. Há Feira de Antiguidades, Artesanato e Doçaria, tasquinhas, muita música, homenagens e uma caminhada. Para dar mais conforto aos visitantes, o recinto da festa estará novamente coberto por uma tenda, permitindo usufruir das actividades sem contratempos de intempéries.

A recriação da Batalha da Redinha, às 12h00, é um dos pontos altos do programa

O programa arranca no dia 16, às 20h00, com a abertura da feira e das tasquinhas, onde os visitantes poderão apreciar os produtos locais e as iguarias típicas da região, seguidos da actuação do agrupamento musical Diapasão (21h00). O baile com Graciano Ricardo, a partir das 23h30, encerra o primeiro dia do evento.
A programação de domingo inicia-se pelas 09h00, com a abertura da feira de antiguidades, artesanato, doçaria e queijo regional. À mesma hora, terá lugar a missa em memória dos militares e civis que tombaram nos campos da Redinha, na Igreja Matriz da freguesia. Logo às 09h15, começa a caminhada pelas margens do rio Anços e Terras de Sicó, um percurso que permite conhecer o cenário da batalha e algumas das paisagens naturais daquela zona. A recepção às entidades oficiais está marcada para as 10h00, no salão nobre da Junta de Freguesia da Redinha. Em seguida (10h30), o largo da Junta de Freguesia torna-se palco do hastear das bandeiras. Por volta das 11h30, será prestada a homenagem aos mortos em combate no largo da Guerra Peninsular, junto ao memorial, ao som da Filarmónica do Louriçal. A encenação histórica da Batalha da Redinha, com a participação da Almanach, acontece por volta do meio-dia. Durante a tarde prossegue a animação no recinto.
Para o presidente da Junta de Freguesia, as expectativas para esta edição são elevadas. Paulo Duarte diz que o número de artesãos na feira será ainda superior ao de 2023, atendendo aos pedidos que diariamente chegam à junta. O autarca acredita que estão reunidas todas as condições para fazer deste um evento de grande sucesso.

 

TASQUINHAS | EMENTAS

Associação de Anços
Sopa de feijão

Pratos Principais
Chanfana
Carne de Porco à Portuguesa
Bitoque

Sobremesa
Arroz Doce
Pudim
Gelatina
Fruta da Época

Petiscos
Moelas
Pica-Pau

Rancho Folclórico de Redinha
Sopa da Pedra

Pratos Principais
Bacalhau à Redinha
Costeleta de Novilho
Leitão

Sobremesa
Mousse de Chocolate Caseira
Pudim de Ovos
Arroz Doce
Fruta da Época

Petiscos
Morcela de Arroz
Chouriço
Bifanas