Café Concerto quer voltar a ser um ponto de encontro privilegiado da cidade

0
3790

Está para breve a reabertura do Café Concerto. Localizado no primeiro piso do edifício do Teatro-cine de Pombal, este espaço icónico quer voltar a ser um ponto de encontro privilegiado na cidade. Para isso, promete conquistar os adeptos da vida cultural e de lazer através de uma dinâmica cultural regular, que acima de tudo se propõe a “alavancar os produtos locais”, sejam eles culturais ou gastronómicos.
“Queremos que o Café Concerto de Pombal tenha o conceito dos Hard Rock Café, mas à dimensão portuguesa”, explicou ao Pombal Jornal Filipe Gonçalves, proprietário da empresa Dona Maria Eventos, que “ganhou” a concessão do Café Concerto de Pombal por um prazo de cinco anos renovável por iguais períodos até ao máximo de 20 anos.

Filipe Gonçalves quer um “Café Concerto diferenciador” para “agradar a vários tipos de público com várias linhagens culturais, os quais podem ir dos 18 aos 80 anos”

Tanto em Pombal como em Coimbra, onde também explora o Café Concerto, este empresário pretende oferecer ao público “um espaço social com entretenimento”, onde a “actividade cultural regular” se complementa com “a gastronomia regional e um leque de bebidas feitas com produtos típicos da região”.
“Inicialmente, a gastronomia será muito à base de petiscos e tapas”, com especial destaque para os queijos da região de Sicó. Já a carta das bebidas incluirá, entre outras, “os vinhos, os gins e as cervejas da nossa região, mas também jerotónico, que é um produto nosso extremamente interessante, que podemos alavancar”.
Depois queremos ter uma “programação cultural regular”, que vá “muito além da música”. “Queremos tudo o que é cultura, desde tertúlias literárias, sessões de artes plásticas, stand-up comedy…”. “O objectivo é uma oferta cultural diversificada”, que será “conjugada com a actividade do Teatro-cine”.
A programação inclui “alguns artistas de renome a nível nacional”, mas “o nosso objectivo é dar palco às bandas e aos artistas locais”. Para isso, “no último trimestre do ano vamos arrancar com um concurso de bandas de garagem locais”.
No Café Concerto de Pombal, Filipe Gonçalves conta com dois parceiros do concelho: o Crianças ao Palco e a Rádio Cardal.
“Quanto à abertura ao público, ainda não temos nenhuma expectativa, mas queremos que seja antes do Bodo”, revelou aquele responsável, desvendando que “o espaço não vai ficar muito diferente”. Afinal, “estamos a falar de um espaço lindíssimo, que tem praticamente tudo”. Ainda assim, “queremos mudar a paleta de cores para os tons terra e verdes, pois estamos muito ligados à natureza”.
Em termos de recursos humanos, “numa fase inicial vamos contratar quatro pessoas”.
De salientar que o Café Concerto vai funcionar todos os dias das 12h00 às 24h00, sendo que às sextas-feiras e aos sábados fecha às 2h00 da manhã. À segunda-feira estará encerrado.
Além da proposta apresentada pela empresa Dona Maria Eventos, que se propôs pagar uma renda mensal de 800 euros (acrescidos de IVA), foi submetida mais uma candidatura.

Carina Gonçalves | Jornalista

*Notícia publicada na edição impressa de 18 de Maio