São pombalenses os vice-campeões distritais de xadrez

0
651

Os pombalenses Jorge Barrento e Fernando Falcão Martinho, em representação da Associação Peão Cavalgante, sagraram-se recentemente vice-campeões distritais de semi-rápidas, durante a realização dos campeonatos distritais de xadrez de Leiria (equipas), na Benedita. Pontuação de mérito foi igualmente alcançada por ambos os jogadores em rápidas: Jorge Barrento, a jogar na equipa “A”, foi terceiro classificado, enquanto Fernando Falcão Martinho, na equipa “B”, obteve um honroso quarto lugar.

Os resultados obtidos pelos dois jogadores pombalenses assumem especial importância numa altura em que Fernando Falcão regressa à modalidade, mais de 20 anos depois. É ainda muito jovem quando desperta para o xadrez, assumindo-se, a partir daí, como um apaixonado pela modalidade.

A criação da Academia de Xadrez Marquês de Pombal, em 2014, pela mão de Jorge Barrento, adepto fervoroso desta prática desportiva, trouxe novo fôlego a uma modalidade onde Pombal sempre se destacou.

O resultado dessa dinâmica está no aumento crescente do número de adeptos e interessados em aprender este jogo de tabuleiro, conhecido pelos inúmeros benefícios pedagógicos entre os mais novos. Para dar resposta a essas solicitações, a Academia de Xadrez Marquês Pombal / JRSF está agora de portas abertas às quartas-feiras, para as crianças que queiram ter o primeiro contacto com o jogo, e às quintas-feiras, para as crianças e jovens que já tenham algum conhecimento de xadrez mas queiram desenvolvê-lo. O espaço funciona, em ambos os dias, das 17h00 às 20h00. A pensar nos adultos está também prevista, para breve, a abertura de uma classe, no mesmo horário.

Xadrez_Jorge Barrento
A Academia tem agora classes para quem queira aprender xadrez
Mas não é só de xadrez que falam as actividades desenvolvidas pela academia. A preocupação tem passado por aliar a modalidade a outras expressões artísticas, tal como aconteceu, por exemplo, na última edição do Open Internacional Marquês de Pombal. Para isso, Jorge Barrento diz que está em marcha a criação de uma Casa das Artes, com o intuito de juntar sinergias entre vários actores da vida cultural do concelho, mas onde o xadrez é também parte integrante. “Como pombalense, sinto que temos o dever de tentar deixar algo aos nossos filhos, dando-lhes oportunidade de desenvolverem aptidões em áreas que os aliciem e às quais, de outra forma, não têm acesso”.

“O objectivo é que se desenvolvam projectos individuais e em conjunto”, nomeadamente na área da pintura, fotografia, letras e música, adianta aquele responsável. Além disso, “o projecto quer dar continuidade aos torneios internacionais, torneios boémios, centro de estágio de alto rendimento, palestras e tertúlias de xadrez”, apontando o próximo ano como de “revolução cultural”. “É mais uma tentativa de unir as mais variadas artes, e em especial o artista local, cuja qualidade é de excelência”, sublinha.

Por último, Jorge Barrento aproveita para agradecer à JRSF por acreditar no trabalho dinamizado pela Academia de Xadrez Marquês de Pombal, assumindo-se como seu principal patrocinador.

Os interessados na modalidade podem estabelecer contacto através do email: axmarquespombal@gmeil.com ou do telefone 919 850 373.