Rui Oliveira é candidato à Assembleia Municipal de Ansião

0
2574

O médico aposentado e ex-vereador da Câmara, Rui Oliveira, foi o escolhido pelo PSD de Ansião para encabeçar a lista candidata à Assembleia Municipal, nas próximas eleições Autárquicas.

Rui Oliveira é o actual secretário da Mesa da Assembleia Municipal, presidida por Fernando Marques, que é o candidato à Câmara Municipal, cargo que exerceu anteriormente.

Para além do seu percurso profissional e político, os membros da Comissão Política Concelhia do PSD de Ansião destacaram a “personalidade humanista, a entrega à causa pública, designadamente no meio associativo”, de Rui Oliveira, uma vez que já foi presidente do Clube de Caçadores de Ansião e ainda a “forma abnegada e altruísta com que abraçou vários projectos sociais”, tendo sido Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Ansião e presidente do Rotary Club de Ansião.

De referir que a estrutura concelhia do PSD de Ansião tinha já anunciado os seus cabeças de lista às próximas Autárquicas. Fernando Marques à Câmara Municipal, Albino Rocha à Junta de Freguesia de Alvorge, António Cardoso, à Junta de Ansião, Fernando Inácio Medeiros, à Junta de Avelar, Fernando Jorge Rodrigues, à Junta de Chão de Couce, Joaquim Ventura à Junta de Pousaflores, e David Rodrigues, à Junta de Santiago da Guarda.

Partilhar
Artigo anteriorPS aposta em Jorge Claro para a Câmara Municipal
Próximo artigoObras implicam “cuidados” no Alto do Cabaço
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal”, quinzenário com o qual deixou de colaborar no final de Maio de 2020.