RENDALÍSSIMA | Saldos – e agora?

0
239

O ano começa com mais uma época de saldos e se por um lado, os preços reduzidos são apelativos, por outro, as lojas em modo cenário de guerra e o excesso de informação tiram toda a vontade de ir em busca da pechincha maravilha. O melhor é contar com a ajuda de um profissional (como a je) para que a ida às compras seja tão produtiva como poupada. No entanto, se decidir lançar-se sem aconselhamento, leve em conta o sistema de compras úteis e ponderadas que preparei para o primeiro texto do ano!

 

 

1. Comece por analisar o que tem. Reorganize os seus armários e pondere acerca da necessidade de adquirir mais peças. A maior parte das pessoas não precisa de aproveitar os saldos porque tem em casa tudo aquilo que poderia fazer falta.

 

 

2. Se detectou lacunas no seu closet durante o passo anterior, anote tudo aquilo que sente que deveria comprar. Aposte em peças intemporais, de corte simples, clássico e elegante, cuja utilidade faça sentido ano após ano. Um bom guarda-roupa é constituído por elementos de qualidade.

 

 

3. Faça contas à vida. Não entre num shopping sem saber quanto pode gastar. Crie um budget e assegure que não o ultrapassa por ceder a impulsos consumistas. Assuma o controlo da sua vida – roupas não merecem que se endivide.

 

 

4. Procure online os artigos que realmente lhe interessam e evite a confusão das lojas físicas.

 

5. Se é daquelas pessoas que precisam de tocar nos tecidos e de ver ao vivo qualquer artigo antes de realizar a compra, agende a ida aos saldos depois de ter pesquisado online o que há disponível nas lojas. Escolha uma manhã ou uma noite durante a semana para fugir às enchentes e prepare-se para algumas horas em que terá de ser paciente e de se dedicar a si.

 

 

6. Chegado o dia escolhido para a missão, leve roupa confortável e fácil de despir e vestir. Ténis e uma carteira leve são essenciais.

 

 

7. Experimente todos os artigos antes de efectuar o pagamento. Dessa forma, evitará ter de voltar à loja para negociar uma troca em época de saldos. Se estiver indecisa relativamente a determinadas calças, uma saia ou vestido, não se esqueça de calçar uns saltos altos para que perceba se a silhueta modificada pela altura extra é suficiente para dissipar as dúvidas.

 

 

8. Antes de levar consigo uma peça de roupa apenas por estar barata, tente perceber se conseguirá coordená-la com as que já tem em casa.

 

 

 

9. Não hesite em pensar um pouco à frente. A estação fria está a dois meses do fim e preparar o seu guarda-roupa para a Primavera é inteligente. Aposte em peças de meia-estação e se no final das compras ainda tiver margem no seu budget, mime-se: escolha uma peça tendência, mesmo que saiba que vai enjoar depressa – sem culpas!

 

Partilhar
Artigo anteriorANIVERSÁRIO | ‘Néctar dos Deuses’ servido pel’O Trago
Próximo artigoCARTAS POMBALINAS | Pequenos passos que geram grandes mudanças
Depois de se dedicar ao Jornalismo, decidiu aprofundar os seus conhecimentos numa vertente menos explorada ao longo da sua formação académica, a comunicação não-verbal. Após uma especialização em Lisboa em Consultoria de Imagem, lançou-se a título pessoal na área da Moda e assume-se em 2018 como a primeira Fashion Therapist do país. Já foi contratada pelo grupo Sonae para realizar serviços de Personal Shopping aos seus clientes, marca presença na Vogue Fashion's Night Out, trabalhou no grupo Creative Concept como responsável pela gestão dos cursos leccionados e pelo departamento de Comunicação da Creative Academy e exerce funções enquanto Social Media Manager de eventos de Moda. Trabalha de perto com grandes marcas de luxo internacionais sediadas na Avenida da Liberdade e com designers portugueses vocacionados para noivas. Em Pombal tem uma parceria com a Quinta da Concha porque apesar de se mover na capital, tem especial gosto pelo trabalho com clientes da zona centro. Contactos: anarendalltomaz@gmail.com || https://www.anarendalltomaz.com/