Reinaldo Serrano faleceu aos 85 anos

1
1032

Reinaldo Jorge Marques Serrano faleceu ontem, quinta-feira, 16 de Junho, vítima de doença prolongada. Tinha 85 anos e foi distinguido em Novembro do ano passado com a Medalha de Prestigio e Carreira atribuída pelo Município de Pombal.

Reinaldo Serrano frequentou o ensino no Colégio Marquês de Pombal, tendo prosseguido os seus estudos no Colégio José Falcão em Coimbra, cidade onde se formou em Matemática e Astronomia no Departamento de Matemática da agora Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.

A sua carreira profissional dedicou-a à instrução. Lecionou as disciplinas de matemática, desenho industrial e geografia, em vários estabelecimentos de ensino dos quais se destaca o Colégio Marquês de Pombal e a Escola Industrial e Comercial de Pombal que viu passar a chamar-se Escola Secundária.

Pombal falou sempre fundo no seu sentir de vida. Dedicou-se à preservação da memória colectiva, dos usos e costumes, sendo director e máximo responsável do Rancho Típico de Pombal durante 39 anos. A importância que deu à etnografia levou a fazer parte dos corpos dirigentes da Associação de Folclore da Alta Estremadura, que presidiu. Exerceu funções directivas em diversas actividades e instituições do concelho destacando-se a presidência do Conselho de Administração do Hospital de Pombal, do Sporting Clube de Pombal e da Comissão das Festas do Bodo.

Fundador do Rotary Clube de Pombal (clube que o distinguiu como Sócio Honorário) de que foi o seu terceiro presidente, ficou ligado à criação do Rotary Clube de Castanheira de Pera e ao lançamento do Rotaract Clube de Pombal.

Reinaldo Serrano, também assumiu responsabilidades autárquicas, tendo sido vereador e depois vice-presidente da Câmara Municipal de Pombal no início da década de 70 do século passado, tendo exercido funções de presidente durante um curto período de tempo. Depois do 25 de Abril de 1974 foi membro da Assembleia Municipal de Pombal.

Do seu pai, António Gaspar Serrano (o “Zé da Serra”), herdou a boa disposição de espírito e o trato afável que a todos dedicava; bem como o gosto pela escrita que dava à estampa nas colunas do Jornal O Eco.

No Dia do Município de 2015 – 11 de Novembro, a Câmara Municipal de Pombal reconheceu a sua “capacidade de trabalho, entrega e elevação no desempenho das missões que lhe foram confiadas nos mais diversos quadrantes da sociedade” ao atribuir-lhe a Medalha de Prestígio e Carreira, enaltecendo o seu “sentido de entrega ao serviço do próximo e da sua comunidade, e pela acção que desenvolveu em prol do concelho”.

Orlando Cardoso

1 comentário