Politécnico coloca bicicletas à disposição de alunos e colaboradores

0
1211

O Politécnico de Leiria vai disponibilizar 220 bicicletas eléctricas aos estudantes e colaboradores das suas escolas e centros de investigação, com o objectivo de “promover a mobilidade sustentável junto da comunidade académica”, refere uma nota de imprensa. Para Rui Pedrosa, vice-presidente da instituição e responsável pela candidatura, o “projecto encontra-se em linha com as iniciativas que o Politécnico de Leiria tem vindo a desenvolver junto das comunidades onde as suas escolas estão inseridas”, inseridas numa estratégia de “promoção de uma cultura de mobilidade mais sustentável para as pessoas e para o ambiente”.

O projecto, desenvolvido no âmbito de uma candidatura apresentada à operação U-Bike Portugal, realizada em consórcio com o Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), representa um investimento perto dos 660 mil euros, mas foi co-financiado, em 85 por cento, pelo PO SEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

IPL_Bicicletas eléctricas - REGIÃO
A cedência será feita por seis ou 12 meses

As 220 bicicletas serão distribuídas pelas diferentes escolas e infra-estruturas científicas, designadamente em Leiria, Marinha Grande, Caldas da Rainha e Peniche. Na cedência dos veículos aos utilizadores, a instituição terá em conta períodos de longa duração (seis ou 12 meses), mas nos critérios de atribuição serão ponderados o número de quilómetros percorridos por mês e que cada um se compromete efetuar, o tipo de transporte normalmente utilizado nas deslocações entre casa e escola/trabalho, mas também se o utilizador é estudante ou colaborador.

Além das bicicletas eléctricas serão também disponibilizados postos de amarração com carregamento em todos os campi e nos restantes edifícios associados ao Politécnico de Leiria, como as residências e centros de investigação.