Município investe 5 mil euros em teleassistência

0
700

O Município de Pombal vai investir cerca de cinco mil euros com o serviço de teleassistência domiciliária, com a instalação de três dezenas de unidades bases, que funcionarão 24 horas por dia, 365 dias por ano.
Aquele serviço é disponibilizado no concelho desde finais de 2010, e é gratuito para os beneficiários, sendo os pedidos efectuados directamente nos serviços municipais ou através de instituições de solidariedade social
Os beneficiários são pessoas que residem mais afastadas da freguesia, que vivem sozinhas, idosas, com dificuldades económicas e, nalguns casos, coincidem com o levantamento feito pela GNR, considera a autarquia.
Ao utilizador, em casos de saúde, acidente ou segurança, basta pressionar o botão do equipamento que lhe foi atribuído, para o envio urgente de médicos ou enfermeiros, serviço de ambulâncias, bombeiros e polícia ou, simplesmente, o contacto com familiares ou com uma voz amiga.

Partilhar
Artigo anteriorJovem do Carriço detido por tráfico de droga
Próximo artigoTAP dinamiza segunda Oficina de Teatro
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.