Mulher agredida e roubada de madrugada por quatro indivíduos encapuzados

0
11786

Uma mulher de 89 anos de idade foi agredida violentamente na madrugada desta terça-feira, dentro da sua própria habitação, por quatro indivíduos que lhe roubaram dinheiro e alguns objectos em ouro. O caso aconteceu na localidade dos Helenos (Ilha) e está a ser investigado pela Polícia Judiciária.
Segundo uma fonte próxima da família, a vítima estava a dormir quando foi surpreendida com os assaltantes a “bater-lhe na cabeça” e a exigir-lhe “todo o dinheiro sob ameaça de morte”. “Tudo leva a crer que os assaltantes tinham conhecimento da existência de dinheiro na casa, uma vez que a mulher tinha efectuado um levantamento no banco”, revela a mesma fonte, adiantando que os indivíduos “levaram-lhe ainda o fio, anéis e os brincos em ouro”, deixando-a “com as mãos atadas”.
Terá sido a própria vítima, que residia sozinha na habitação, a conseguir telefonar para uma familiar, que por sua vez alertou as autoridades. Os Bombeiros Voluntários de Pombal receberam o alerta pouco antes das cinco horas da madrugada, tendo accionado uma ambulância e dois tripulantes. De acordo com Paulo Albano, comandante da corporação, a vítima foi transportada para o hospital de Pombal com “algumas escoriações”.
Segundo a nossa fonte, a mulher ficou hospitalizada devido ao estado de choque que apresentava, “tendo recebido acompanhamento psicológico”. “Já não regressará a sua casa, passando a residir em casa de familiares”, frisou.
Uma familiar da vítima manifestou a sua revolta através das redes sociais, escrevendo: “nunca pensei desejar a morte a ninguém, mas neste momento não há nada mais que eu deseje do que a morte dos bandidos que assaltam idosos indefesos, e ainda lhes dão cargas de porrada (….) Não quero que a polícia vos apanhe, só quero mesmo que tenham uma morte lenta, muito em breve”. “Ninguém no seu perfeito juízo enche uma idosa de 90 anos de porrada que nada pode fazer”, pode-se ler.

Partilhar
Artigo anteriorOs Amigos da Aldeia do Vale já têm a ‘chave’ da sede
Próximo artigoRENDALÍSSIMA | Especial Dia do Pai
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.