Guia recebeu duas centenas de escuteiros

0
1639

O dia 17 de Janeiro foi de intensa actividade na Vila da Guia, que recebeu mais de duzentos escuteiros da Zona de Apoio Pedagógico (ZAP) Sul Da Região de Coimbra, para um encontro denominado AKIAZAP.

A manhã foi pautada pelos jogos, nos quais foram aplicadas e treinadas várias técnicas escutistas, como os jogos com nós, as provas de orientação, rapidez, montagem e desmontagem de uma tenda com cronometragem, bem como a resposta a perguntas sobre os locais por onde foram passando.

“Conseguem desenvolver muitas competências, mas é isso mesmo a base do escutismo – a educação pela acção”, sublinhou Alexandra Conceição, chefe do Agrupamento 471 Mata Mourisca, lembrando que, a partir dos seis anos, qualquer pessoa pode entrar no movimento escutista e viver este tipo de experiências enriquecedoras.

As equipas eram formadas por uma mistura de todos os agrupamentos, sendo “uma maneira de eles interagirem com pessoas que não conhecem”, justificou Alexandra Conceição.

No período da tarde, celebrou-se a missa, que é parte integrante destas actividades ligadas ao movimento escutista católico.

Quanto às crianças e jovens que encheram o Largo do Rossio, não se podia notar maior satisfação. Duarte, do Agrupamento 674 de Pombal, explicou aquilo que fez durante a manhã. “Andei a passear pela Vila da Guia”, resumiu. Do Agrupamento anfitrião, Bruno acrescentou que além de “fazer actividades, também andámos a conhecer novos meninos”. Vinda do Agrupamento 1363 de Chão de Couce, Daniela sublinha que gostou de participar “porque é fixe”, e são feitas muitas actvidades e exercícios.

Ana de Jesus

(Notícia publicada na edição n.º49, de 22 de Janeiro)