SANTO AMARO

0
1390

Esta festa que se realiza
Sempre no mês de janeiro

É dedicada a Santo Amaro

“Velho” Santo Milagreiro

Já se vê a fogueira acesa

e o terreiro iluminado

assim começa a Festa

dedicada ao Santo Amaro

Vendem-se tremoços e pevides

passas de uvas e pinhões

e junto à capelinha
trocam-se saudações

E Santo Amaro no altar

vê gente com devoção
A pagarem uma promessa

E a rezarem uma oração

Até o relógio velho
Parece dizer à gente

que no dia desta festa

também se sente contente

E ao sair a procissão

estouram foguetes no ar

E como é da tradição

lá vão os gaiteiros a tocar

E ao terminar a Festa
o mordomo entrega o ramo

e diz: Se DEUS quiser
todos estaremos pró ano!

Fernando Oliveira

Partilhar
Artigo anteriorNegligência vital
Próximo artigoFAMÍLIA, SA