“Monólogo de uma mulher chamada Maria com a sua patroa” é um dos melhores espectáculos de 2021 e vem a Pombal

0
1054

“Monólogo de uma mulher chamada Maria com a sua patroa” é o espectáculo inaugural da actriz e encenadora Sara Barros Leitão com a estrutura artística Cassandra, que fundou em 2020. Pertencente à nova geração do Teatro Português, Sara Barros Leitão foi vencedora da 1ª edição do Prémio Revelação Ageas do Teatro Nacional D. Maria II.
O título do espectáculo, “roubado clandestinamente” a um texto do livro Novas Cartas Portuguesas (1971), dá-lhe o mote, como refere a Cassandra, na apresentação.
Sobejamente reconhecido, “Monólogo de uma mulher chamada Maria com a sua patroa” já recebeu menções e prémios, tendo sido eleito “Melhor Espectáculo da Cidade de Lisboa – Time Out Lisboa 2021” e considerado um dos espectáculos do Ano 2021 por Gonçalo Frota / Ípsilon. Esteve também nomeado para “Melhor Espectáculo de Teatro”, nos Globos de Ouro de 2022, e foi nomeado para “Melhor Texto Português Representado”, em 2023, pela Sociedade Portuguesa de Autores (SPA).

Partindo de entrevistas e do estudo dos arquivos do primeiro Sindicato de Serviço Doméstico em Portugal e do seu congresso nacional, que reuniu sete mil associadas em 1979, este monólogo conta a história do trabalho doméstico, estruturalmente atribuído à mulher. Pouco contada, (re)conhecida e valorizada, esta é também a história do poder organizativo, reivindicativo e de mudança das mulheres, como refere a mesma estrutura artística. A partir daí questiona e problematiza a sociedade, o papel da mulher e as desigualdades e injustiças que as mesmas comportam.
Em palco, Sara Barros Leitão resgata a voz das mulheres que limpam e cuidam do mundo e o põem a mexer.
Os bilhetes, com um custo de três euros, podem ser adquiridos através do site de cultura do Município de Pombal em https://cultura.cm-pombal.pt/event/monologo-de-uma-mulher-chamada-maria-com-a-sua-patroa/.