Jovem pombalense (en)canta no ‘The Voice Portugal’

0
1321

Joana Oliveira foi a concorrente mais nova em competição nas primeiras provas cegas da nova temporada do “talento show”, emitido no dia 13, à noite, pela RTP. A versão “Always remember us this way” de Lady Gaga, interpretada e tocada ao piano por Joana Oliveira, surpreendeu de imediato os mentores do concurso.
Logo aos primeiros segundos da sua actuação no “The Voice Portugal”, a jovem de 15 anos, natural e residente em Pombal, conseguiu conquistar o interesse de Diogo Piçarra, o primeiro mentor a virar a cadeira e que bloqueou a possibilidade de Áurea poder atrair a cantora para a sua equipa. Os outros dois mentores, Marisa Liz e António Zambujo, também se juntaram à corrida pela concorrente.
Joana acabou por optar por Diogo Piçarra como mentor, aproveitando a ocasião para o desafiar para um dueto. Os dois acabaram por se juntar ao piano para interpretar “Volta”, tema do cantor, protagonizando um dos momentos altos do programa.
Estudante na Escola Secundária de Pombal, Joana Oliveira lembra-se de começar a cantar no trabalho do pai, onde organizavam festas e karaokes no escritório. Foi lá que deu os primeiros passos a cantar. Começou a participar em concursos locais na zona de Leiria e encontrou na música o seu habitat natural.
Teve aulas de piano e canto no conservatório. Actualmente estuda na “A Casa” da Música, em Pombal, onde se sente mais à vontade para explorar um registo mais pop.

Partilhar
Artigo anteriorAssociação de Pais aplica “Atitude Positiva” a 440 alunos de Pombal
Próximo artigoPercevejo problemático detectado em Pombal
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas.