Junta de Pombal lança campanha para angariar bens alimentares

0
512

A Junta de Freguesia de Pombal tem em curso uma campanha de angariação de bens alimentares “para ajudar as famílias mais vulneráveis na superação dos graves efeitos económicos e sociais causados pela COVID19”. Uma iniciativa desenvolvida em colaboração com a Conferência São Vicente de Paulo, a Loja Social da Associação de Pais e Educadores para a Infância APEPI) e a Delegação de Pombal da Cruz Vermelha Portuguesa, a que se junta o apoio do Município de Pombal.

Renato Guardado, vogal do executivo, acompanhado de uma colaboradora do supermercado Neomáquina

“Esta campanha visa realçar o sentido solidário dos pombalenses para ajudar as famílias que têm sido mais afectadas pelas consequências económico-sociais desta crise de saúde pública que temos vindo a atravessar”, refere a Junta de Freguesia numa nota de imprensa divulgada esta quinta-feira. No mesmo comunicado, assinado pelo presidente daquele executivo, Pedro Pimpão, é deixado um apelo “a todos os pombalenses” para que participem na campanha, através da doação de bens alimentares que poderão ser entregues no Pingo Doce, Intermarché, Mercadinho, Spar, Minipreço ou Neomáquina. A autarquia sugere que sejam doados, preferencialmente, bens não perecíveis, caso das latas de atum, salsichas, massa, arroz, feijão, grão, leite, bolachas, cereais ou óleo. Contudo, os cidadãos que tiverem interesse em entregar produtos frescos, ou queiram esclarecer quaisquer dúvidas sobre esta campanha, podem entrar em contacto com a Comissão Social de Freguesia, através do telefone 919 436 077.
“A Junta de Freguesia de Pombal mantém assim bem presente o compromisso de promover todas as iniciativas que estiverem ao nosso alcance para ajudar a nossa comunidade a superar um dos momentos mais exigentes da nossa história colectiva”, refere a mesma nota de imprensa.
Recorde-se que, até à data, a Junta de Freguesia já dinamizou diversas iniciativas de combate aos efeitos da pandemia, destacando-se, entre outras, a campanha comunitária de produção de máscaras sociais, que conta com uma rede de centenas de voluntários; a dinamização de uma linha de apoio à população sénior para aquisição de medicamentos e bens de primeira necessidade; a distribuição de refeições escolares e de cabazes pelos alunos da freguesia; o apoio ao Centro de Saúde de Pombal, tanto nos cuidados de saúde domiciliários como na articulação de refeições para os próprios profissionais e a promoção da desinfecção de espaços públicos, sobretudo em lares e instituições sociais.