Homem de Pombal condenado a cinco anos por tentar matar ex-patrão em Alvaiázere

0
1155

Daniel Bento, residente no concelho de Pombal, foi condenado no dia 17 de Abril, pelo Tribunal Judicial de Leiria, a uma pena de cinco anos de prisão, suspensa, por ter disparado sobre o seu ex-patrão, um empresário do ramo da construção civil de Almoster, concelho de Alvaiázere.

O tribunal condenou-o a uma pena de quatro anos e seis meses de prisão pelo crime de homicídio simples agravado e a um ano e dois meses de prisão pelo crime de detenção de arma proibida, com interdição temporária de uso e posse de arma por cinco anos. Em cúmulo jurídico o homem, de 54 anos de idade, que se encontrava em prisão domiciliária, foi condenado à pena única de cinco anos de prisão, suspensa na sua execução e sujeita a regime de prova, e ao pagamento de despesas hospitalares no valor de 4.175 euros, acrescidos de juros de mora.

 

Todos os pormenores desta notícia na próxima edição do jornal (30 de Abril)

Partilhar
Artigo anteriorDia agitado nas agências do Novo Banco em Pombal
Próximo artigoDeputados do PSD questionam governo sobre IC8
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal”, quinzenário com o qual deixou de colaborar no final de Maio de 2020.