Secundária foi anfitriã de alunos franceses e italianos

0
369

No âmbito do programa Erasmus+ (Juliet – Women Open to Modern European Nations), a Escola Secundária de Pombal foi a anfitriã, entre 28 de Março e 3 de Abril, das suas congéneres francesa e italiana. Para além dos 16 estudantes do grupamento e das docentes que integram este projecto, participaram, no âmbito desta mobilidade, oito estudantes e três professores de Cerignola (Itália) provenientes da Scuola Secondaria di 1 grado “Pavoncelli”, e oito estudantes e dois professores de Dunquerque (França) provenientes do Collège Boris Vian.
Tal como a temática do projeto o indica, a semana decorreu “de forma intensa e recheada de actividades subordinadas ao título “This is Her””, revela a docente Carla Silva. Na tentativa de “desafiar convenções e estereótipos procurou-se dar visibilidade às mulheres na construção de uma Europa mais moderna, mais justa e mais igualitária, de que é exemplo a acção #Não é normal”. Para isso, concorreram ainda outras acções desenvolvidas, quer em workshops quer em visitas a diferentes museus, nomeadamente o Museu de Arte Popular de Pombal, o Museu Etnográfico de Almagreira e o Museu Nacional do Azulejo, em Lisboa. “Se a estas acções juntarmos o vasto programa social feito do encontro de culturas dos diferentes países participantes, podemos afirmar que esta foi uma experiência que professores, pais/ encarregados de educação e alunos jamais esquecerão. Deste encontro, temos a certeza, saímos todos culturalmente mais ricos e mais solidários, esbatemos fronteiras que ainda persistem na nossa casa comum – A Europa”, sintetiza a mesma docente.