Auditório da Biblioteca vai receber julgamentos

0
385

O Município de Pombal estabeleceu um protocolo de cedência com o Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça, com vista à utilização do Auditório Municipal, a funcionar no edifício da Biblioteca Municipal de Pombal, para a realização de diligências judiciais do Tribunal Judicial da Comarca de Leiria. A minuta do protocolo foi aprovada em reunião de câmara.

O incêndio de Pedrógão Grande poderá vir a ter sessões do julgamento neste auditório

Na ocasião, Diogo Mateus aludiu a uma reunião com o juiz presidente da comarca em que este lhe revelou a dificuldade de ter um espaço em Leiria que pudesse acolher julgamentos com 60 ou mais intervenientes. O auditório surgiu na equação, até porque tem entrada autónoma da Biblioteca, não inviabilizando que ambos os espaços estejam em funcionamento em simultâneo. Um dos processos que poderá vir a ser julgado em Pombal diz respeito ao grande incêndio de 2017, ocorrido no norte do distrito, vulgarmente conhecido como o incêndio de Pedrogão Grande.
Pela cedência do espaço, por um período que deverá ser de três ou quatro meses, o Município será compensado com dois mil euros. A utilização do auditório durante o dia não impedirá que ali se possam realizar outras iniciativas durante o período da noite.

 

*Notícia publicada na edição impressa de 3 de Setembro