Liga Portuguesa Contra o Cancro precisa de voluntários

0
130

O Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) tem em curso uma campanha para angariação de voluntários para o próximo peditório nacional, que decorre entre os dias 31 deste mês e 3 de Novembro.

Cristiano Ronaldo volta a ser, pelo terceiro ano consecutivo, o embaixador do Peditório Nacional da Liga Portuguesa Contra o Cancro, juntando-se também agora à campanha de apelo ao recrutamento de voluntários pontuais para a realização desta acção. Recorde-se que a efectividade da acção do Núcleo Regional do Centro, fundado há 51 anos, advém, em grande medida, da acção do seu voluntariado na comunidade, bem como a do peditório nacional, a principal e fundamental fonte de angariação de fundos da instituição.
A inscrição para participar, na região centro, como voluntário pontual no peditório já está disponível. Basta aceder e preencher o formulário de inscrição, sendo posteriormente contatados pelos serviços do Núcleo Regional do Centro. Para mais informações, os interessados poderão comunicar com a LPCC.NRC através do telefone 239487490 ou do e-mail peditorio@ligacontracancro.pt. Todos os detalhes ou mais indicações encontram-se disponíveis através do link: www.ligacontracancro.pt/peditorio.
A participação do voluntário pode ser feita à medida da sua disponibilidade, podendo ocorrer durante os quatro dias ou apenas num período da sua preferência.
O apoio dos voluntários e dos portugueses garante a continuidade dos projetos da LPCC, desde o apoio ao doente oncológico e familiares ao rastreio e diagnóstico precoce; apoio à investigação científica e formação de profissionais de saúde e promoção da educação para a saúde.
O peditório, autorizado pelo Ministério da Administração Interna, será feito, como habitualmente, por milhares de voluntários em todo o país, devidamente identificados com o colete da instituição e com cofres lacrados e também identificados. As acções decorrem essencialmente em locais como centros comerciais, igrejas, e junto de cemitérios, supermercados e nas principais ruas das cidades.