Obesidade é mais frequente entre crianças do sexo masculino

0
1045

A delegação de Pombal da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) apresentou no passado dia 28 de Março os resultados da primeira fase do projecto Balança Amiga, um trabalho levado a cabo em parceria com o Agrupamento de Escolas de Pombal e com o Agrupamento Escolar Gualdim Pais para avaliar o estado nutricional de mais de 1.500 alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico. Entre Janeiro e Fevereiro, foram realizadas as medições de peso e altura dos estudantes de 26 escolas dos dois agrupamentos. Com o consentimento dos encarregados de educação e com o objectivo de os sensibilizar, bem como aos alunos, a meta era “levar as crianças a adoptar hábitos alimentares mais saudáveis”, explicou Jorge Ferreira, presidente da comissão administrativa.

Através do projecto Balança Amiga, pretendia-se sinalizar as crianças com idades compreendidas entre os seis e os 12 anos em risco e disponibilizar-lhes gratuitamente o acompanhamento nutricional.

Os dados apresentados revelam que 63 por cento dos alunos apresentam um peso normal mas 20 por cento foram considerados obesos, o que corresponde a um total de 298 crianças. Quanto ao excesso de peso, foram registados 251 casos, o que equivale a 17 por cento da amostra. Tanto no que diz respeito à obesidade como ao excesso de peso, ficou provado que nas crianças do sexo masculino se verificam casos em maior número, uma vez que dos 298 alunos considerados obesos, 171 eram rapazes e entre os 251 estudantes com excesso de peso, 128 eram também meninos.

Segundo Jorge Ferreira, nutricionista e autor do estudo a par com Carolina Marques, estagiária, “o sexo feminino apresenta um melhor perfil nutricional em relação aos participantes do sexo oposto”.