CDS sugere mudança dos concertos do Bodo para o estádio municipal

0
1168

A concelhia do CDS-PP propôs ao executivo camarário que os principais concertos das Festas do Bodo se realizem no Estádio Municipal e não no Largo do Arnado. Uma medida que, no entender da estrutura presidida por Telmo Lopes, garante “maior segurança e conforto” ao público, “com a possibilidade de colocação de algumas cadeiras em parte da plateia”.
Os centristas alegam que nos últimos anos, com excepção feita aos dois anos de pandemia, “tem sido possível verificar grande afluência de público aos principais eventos, nomeadamente para se divertirem nos concertos e nos vários carrosséis disponíveis”. Contudo, e como lembra o CDS de Pombal, este ano realiza-se em Portugal a Jornada Mundial da Juventude, “evento de dimensão planetária que trará ao nosso país mais de um milhão de visitantes”. No caso da diocese de Pombal, está previsto que aqui se fixem “cerca de 3.000 jovens, num período que quis o destino que coincidisse com as nossas Festas do Bodo”. “Em diversas ocasiões tem sido possível verificar que o espaço disponível para albergar o público nos concertos ou os foliões no espaço da feira popular é muito exíguo para as necessidades colocando dúvidas quanto às condições de segurança verificadas”, adverte a estrutura política.
Caso a sugestão seja aceite pelo executivo, o Largo do Arnado, palco dos principais espectáculos, ficaria “livre para outras actividades, incluindo alguns dos equipamentos que usualmente estão no Largo da Biblioteca”.
Para esta mudança, a concelhia invoca também questões financeiras, propondo a venda de bilhetes, o que iria gerar uma “receita adicional” num valor que, segundo as contas dos centristas, rondaria os 150 mil euros. “Sabemos que para ter uma festa digna, com um cartaz com algum renome, é imprescindível que o Município de Pombal financie parte das despesas”, pelo que, se for possível obter uma receita extra significativa, será muito positivo para a organização”.
Mas nem tudo é positivo nesta medida. O CDS-PP reconhece que é preciso salvaguardar o relvado do recinto e a pista de tartan, através de uma protecção adequada. Adianta, ainda, ter exposto o assunto ao presidente da direcção do Sporting Clube de Pombal, que “não se opôs à sugestão” dos concertos no estádio municipal.
“Mesmo considerando que os concursos para exploração de espaços de restauração e divertimento já estão a decorrer, na nossa opinião esta será a única forma de garantir as condições de segurança necessárias para todos aqueles que venham a assistir aos concertos musicais das Festas do Bodo, terminando-se desta forma com vários anos de desleixo nos quais, de maneira algo dolosa, o espaço do largo do Arnado tem sido utilizado para todos os concertos, criando condições de notória sobrelotação”, conclui a concelhia.

*Notícia publicada na edição impressa de 01 de Junho