Cátia Santos conquista título nacional de BTT

0
3114

É pombalense a campeã nacional de BTT na categoria EMTB (bicicletas de assistência eléctrica). Aos 37 anos, Cátia Santos conquistou o primeiro lugar na prova realizada no passado dia 23 de Maio, em Castro Daire, trazendo para Pombal o título atribuído pela Federação Portuguesa de Ciclismo.

A atleta dos SicóTrilhos com a camisola de campeã nacional

O mundo do ciclismo entrou cedo na vida de Cátia Santos, mas não como praticante. Era ainda uma menina e já as bicicletas faziam parte do quotidiano da família, à ‘boleia’ do pai, Armindo Santos, e mais tarde do irmão, Gonçalo, que já este ano se sagrou campeão nacional de pista.
A paixão do patriarca pelo ciclismo despoletou, inclusivamente, a criação de uma equipa com as insígnias da Vulcal, em 1998. Armindo competia no escalão de veteranos e Gonçalo, o filho, nos juvenis. Actualmente, a empresa é a principal patrocinadora da equipa Vulcal – Centro Ciclista do Centro, com sede em Taveiro.
Foi neste enredo que a menina de olhos castanhos e cabelos ondulados cresceu, sem nunca se sentir motivada a fazer da bicicleta o ‘brinquedo’ de eleição. Aliás, “nunca foi um desporto que me cativasse”, conta, durante a conversa que decorreu na Vulcal, a empresa fundada pelos pais e da qual é hoje em dia também uma das sócias, tal como o irmão. “Gostava de assistir às competições, mas não de praticar”, lembra.
Em 2020, e sem que nada o fizesse prever, Cátia resolve pegar na bicicleta de BTT do irmão e fazer-se aos trilhos. As restrições impostas pela pandemia trouxeram uma mudança de hábitos e o desporto ao ar livre ganhou novos adeptos, muitos deles ligados ao ciclismo. Cátia foi um deles e, juntamente com um grupo de amigos (inicialmente apenas mulheres), passou a fazer da bicicleta uma companheira das manhãs do fim-de-semana. As renitências iniciais deram lugar a uma paixão crescente, alimentada também muito por ‘culpa’ das boas condições que o território de Sicó oferece para a prática da modalidade.
Não passaram muitos meses até que começasse a participar em eventos de BTT na região, tendo-se federado em 2022, nesse ano com as insígnias dos Ansibikers de Ansião.
Actualmente, é com o emblema da equipa pombalense SicóTrilhos que Cátia Santos leva o nome de Pombal inúmeras vezes aos pódios das provas.
A estreia na categoria EMTB (bicicletas eléctricas) foi fruto do acaso, motivada por uma avaria na habitual companheira das duas rodas. Para poder participar numa prova em que estava inscrita, em Sepins, aventurou-se nos trilhos do concelho de Cantanhede com uma e-bike. A experiência abriu portas à vontade de ir mais além nesta categoria, disputando o campeonato nacional e a Taça de Portugal. No caso da Taça, Cátia já participou em duas provas, tendo conquistado, até agora, sempre a primeira posição. A próxima prova está agenda para 2 de Julho, em Montalegre.
Sobre a participação em Castro Daire, a atleta dos SicóTrilhos afirma ter sido sobretudo “desafiante”, mas recompensada pelo alcance do título nacional. “Foi uma prova muito dura e exigente [78km com 2.200 de acumulado], que obrigou a uma boa gestão da bateria e do esforço, mas que acabou por ser uma “experiência espectacular”. Cátia destaca sobretudo o ambiente amistoso entre atletas, “apesar do espírito competitivo”, numa prova que juntou os melhores do país na modalidade.

Cátia Santos destaca o grau de dureza da prova, com 77km

Mas a subida ao primeiro lugar do pódio teve um sabor ainda mais especial, não fosse aquele Domingo o Dia da Mãe. A aplaudi-la, à chegada, a atleta pombalense tinha os dois filhos, Mariana e Guilherme, mas também os pais.
Ainda que o mérito do prémio nacional seja fruto do seu esforço, Cátia faz questão de agradecer àqueles que a têm apoiado nesta jornada, assumindo que esta motivação foi imprescindível numa fase em que tudo se conjugava para que a conquista não fosse possível.
Garante que não vai deixar o BTT nas bicicletas tradicionais, mas revela que tudo fará para manter o título de campeã nacional de e-bikes.

*Notícia publicada na edição impressa de 18 de Maio