Câmara projecta “centro funerário” para a zona histórica

0
1261

A Câmara de Pombal prevê construir, dentro de dois anos, um centro funerário na zona histórica da cidade, em terreno contíguo à Igreja do Carmo, que actualmente funciona como casa mortuária.

Segundo o presidente da autarquia, Diogo Mateus, o terreno, com cerca de 800 metros quadrados, já foi adquirido pelo município e numa primeira fase será adaptado a parque de estacionamento para apoio à actual casa mortuária e aos diversos serviços públicos instalados na Praça Marquês de Pombal, como é o caso dos museus municipais, finanças e arquivo municipal.

O autarca adianta que o projecto para o novo centro funerário já está a ser executado e prevê, para além de um espaço para a realização de velórios, a instalação de armazenamento de cadáveres com refrigeração, colmatando uma lacuna verificada actualmente na cidade.

“Pretendemos edificar um espaço de ajuda à funcionalização dos serviços funerários”, afirma Diogo Mateus, apontando que aquele investimento deverá ficar concluído no final de 2016 ou início de 2017.

Por sua vez, a Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL) vai lançar em breve o concurso público para a construção e concessão de um crematório, a edificar junto à casa mortuária de Leiria, para servir os dez concelhos que a integram: Alvaiázere, Ansião, Batalha, Leiria, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Marinha Grande, Pedrógão Grande, Pombal e Porto de Mós.

Em curso estão a decorrer, também, obras de beneficiação e melhoramentos na Igreja do Carmo, com o objectivo de proporcionar melhores condições, essencialmente de conforto, a quem utiliza os espaço durante os velórios. A intervenção contempla a execução de tectos falsos, instalação de climatização, beneficiação do pavimento, entre outras reparações e beneficiações.

Recorde-se que aquela Igreja, construída em 1760 em honra de Nossa Senhor do Carmo, está edificada num dos extremos da Praça Marquês de Pombal e desde há alguns anos tem funcionado como casa mortuária.

Orlando Cardoso