Busto perpetua memória de Evangelista Graça em Pombal

0
485

O Município de Pombal recordou e homenageou, a 28 de Julho, o fundador do restaurante Manjar do Marquês, Evangelista Nunes da Graça, com a inauguração de um busto, que perpétua na cidade a sua memória e reconhece o seu “legado rico e valioso”.

Lurdes Graça, esposa do homenageado, reagiu com emoção ao descerrar da placa

Localizado em frente ao quartel dos Bombeiros Voluntários de Pombal, o busto de Evangelista Nunes da Graça é uma “justíssima homenagem” ao “homem, pai, marido, avô, mecenas, filantropo, empresário”, que foi “exemplo de solidariedade, apoio, preocupação, disponibilidade, confiança, amizade, genuinidade, respeito, trabalho, sacrifício, esforço, compreensão, amor”, realçou o presidente da Câmara Municipal.
Diogo Mateus evidenciou a “incrível, improvável e interessantíssima história de vida” daquele pombalense de coração, que tem agora lugar na cidade “ao lado de outras insignes figuras que têm um papel importante no concelho ou país e na sua história”, dando como exemplo “Marquês de Pombal, Guilherme Santos e Carlos Alberto da Mota Pinto”.
A obra de arte da autoria do escultor Hélder Carvalho retrata, não só a imagem de Evangelista Graça, mas também a sua “simpatia, bons modos, serenidade, sorriso, hospitalidade, gosto em receber e acolher muito bem os seus convidados, amigos e sempre clientes”, destacou o autarca, considerando que Pombal é uma “terra verdadeiramente e longamente rica por poder acolher uma pessoa assim”.
“Homenagear Evangelista Graça é homenagear aquilo que Portugal tem de melhor: as suas gentes trabalhadoras”, frisou a ministra da Coesão Territorial, sublinhando que foi “um grande pombalense”, não só por “fundar o Manjar do Marquês, que trouxe uma nova centralidade a Pombal”, mas também pelo seu “percurso de total dedicação ao concelho”.
“Evangelista Graça foi o rosto da restauração pombalense, foi a cara do bem servir, mas também foi a face do associativismo, da dedicação ao território e às suas gentes, olhando mais para os outros que para si mesmo e vendo na necessidade dos outros uma missão e um compromisso pessoal”, salientou ainda Ana Abrunhosa.

Também o presidente da República se quis associar a esta homenagem, endereçando uma mensagem onde destaca “a determinação e a capacidade de trabalho, a intuição empresarial, a inovação à frente da empresa que criou e soube conduzir”. Para Marcelo Rebelo de Sousa, esta “justa homenagem” é “um dever de memória” que Pombal presta a “uma figura inesquecível no concelho”.
Num “dia muito especial para a família Graça”, o filho Paulo agradeceu a homenagem ao pai, evidenciando o “espírito que ele tinha de serviço, solidariedade, altruísmo e amizade”.

Carina Gonçalves | Jornalista

*Notícia publicada na edição impressa de 12 de Agosto