Xadrez junta atletas de todo o país no Celeiro do Marquês

1
1330

A cidade de palco está prestes a ser palco do II Open Internacional de Xadrez Marquês de Pombal e do II Torneio Jovem Marquês de Pombal, numa organização da Academia de Xadrez Marquês de Pombal, dinamizada por Jorge Barrento, grande impulsionador da modalidade no concelho.

De 23 e 25 deste mês, todos os caminhos vão dar aos tabuleiros de xadrez preparados para receber dezenas de atletas nacionais e internacionais. À modalidade vão aliar-se outras artes, transformando o Celeiro do Marquês, em plena praça Marquês de Pombal, num palco onde o desporto se conjuga com diferentes manifestações artísticas, em perfeita simbiose.

As partidas vão ser disputadas a partir de sexta-feira à noite, mas enquanto estas decorrem há tempo para assistir, ao longo dos três dias, à exposição de Raquel Fradique (pintura) e de Sérgio Feijão (escultura), dois dos artistas que se associaram ao evento e que no sábado, a partir das 14h00, vão também proporcionar aos atletas e público em geral momentos de arte ao vivo, que com eles podem interagir.

Ainda no sábado, a partir das 15h00, é tempo de ver e ouvir mais duas figuras da cultura local: Luísa Venturini, que interpretará dois poemas, e Quim Correia, que se fará acompanhar da sua guitarra clássica. Para a mesma hora, mas no domingo, fica reservada a participação de Laureano Pereira.

Enredado nos preparativos do Open, Jorge Barrento mostra-se optimista no sucesso de mais uma edição: “Está a correr bem. Muita gente já está inscrita”. O mentor da iniciativa destaca a localização da cidade como uma mais-valia para cativar atletas de todo o país, ao ponto de o evento ser já “uma referência a nível nacional”.

Este ano, a lista de prémios para os melhores contém não apenas os habituais prémios monetários, mas também uma obra de arte, assinada por um dos dez artistas a quem foi lançado o desafio: João Faria, Ilda Teixeira, Lídia Carrola, Mutes Pintor, Miguel Bastos, Paulo Correia, Nelson Lobo Rocha, Rui Cavalheiro, Raquel Fradique e Sérgio Feijão. Todas as obras estão desde ontem expostas nos claustros da Câmara Municipal, onde podem ser visitadas até ao início do Open.

A estes prémios acresce uma Rolls Beer, marca de cerveja artesanal que desde a primeira hora tem apoiado os eventos da academia de xadrez. Por sua vez, os troféus [um azulejo personalizado] terão a assinatura da Oficina de Cerâmica.

TORNEIO JOVEM

Em simultâneo com o Open Internacional, decorre também no sábado, dia 24, o II Torneio Jovem Marquês de Pombal, aberto a crianças e jovens, do concelho e fora dele, mesmo que não sejam federados. A iniciativa inclui uma palestra, presidida por um mestre internacional, que falará aos mais novos e aos pais sobre os benefícios do xadrez no desenvolvimento escolar. Os interessados podem inscrever-se através do email jorgebarrento@gmail.com ou axmarquespombal@gmail.com.

Em jeito de conclusão, o organizador aproveita para agradecer a todas as empresas que o têm apoiado, adiantando que nos dias do evento estas terão junto às suas instalações um tabuleiro de xadrez. No centro histórico estará disponível um tabuleiro gigante onde se podem dar os primeiros passos na modalidade, mas pela cidade estarão também espalhadas algumas mesas com tabuleiros.

1 comentário