Artesanato, música, tasquinhas, solidariedade e ecologia no BioArtes

0
664

Está à porta mais uma edição do BioArtes. Depois do adiamento imposto pelas condições atmosféricas adversas, o Mercado de produtos Locais e Artesanais de Pombal realiza-se este fim-de-semana (30 de Setembro e 1 de Outubro) e já com a meteorologia a convidar a desfrutar do muito que há para ver e ouvir durante aqueles dois dias. O evento tem como anfitriã a Junta de Freguesia de Pombal, que conta, uma vez mais, com a parceria da Associação de Artesãos de Pombal (ADAP) na organização.

O evento com a parceria da Associação de Artesãos de Pombal

Para esta edição, o BioArtes repete a fórmula de sucesso, mas acrescenta-lhe alguns ingredientes que prometem trazer ainda motivos para não faltar à festa.
O Jardim do Cardal é o palco principal das actividades, que decorrem a partir das 15h00 de sábado, com a habitual mostra de artesanato a dar o pontapé de partida, dinamizada pela ADAP. O programa da tarde está também delineado a pensar nos mais pequenos, com a realização de um mercado de trocas infantil, numa iniciativa do Agrupamento de Escuteiros 674 Pombal com o apoio da Junta, que procura sensibilizar para a prática da reutilização e da economia circular. Destina-se a crianças entre os seis e os 12 anos, a quem é pedido que tragam, pelo menos, um artigo (livro, brinquedo ou outros) a que já não dêem utilidade, para entrar no mercado de trocas.
O BioArtes é também sinónimo de música e a partir das 17h00 é tempo de assitir ao 1º Encontro de Concertinas da Freguesia, uma das novidades desta edição. Uma oportunidade para assistir às actuações dos Foles e Cantorias de Santa Clara, das Concertinas e Cavaquinhos da Bajouca (SAMB) e das Concertinas do Marquês. Os fãs de música tradicional portuguesa também não podem perder o espectáculo que os Semibreves dão às 21h30. Depois disso, e em linha com o ambiente eclético do BioArtes, a noite encerra com os DJ’s Bagunçada.
Para quem não teve oportunidade de visitar a mostra de artesanato no sábado, pode fazê-lo no domingo, também a partir das 15h00. Cerca das 17h00, está de regresso o Festival de Folclore da Freguesia de Pombal, este ano na quarta edição. Participam o Centro Recreativo Folclórico e Artístico da Charneca, o Rancho Típico de Pombal, o Rancho Folclórico “Os Unidos do Pinheirinho” e o Ranho Folclórico e Etnográfico do Barrocal.
Paralelamente a estas actividades, o certame conta, ao longo dos dois dias, com workshops de artesanato, tasquinhas etnográficas, jogos tradicionais, uma campanha da Ajudanimal, um espaço “Village Chess” dinamizado pela AXCOP, uma campanha do ATLAS, passeios de charretes e uma campanha de recolha de camisas usadas para a Liga Portuguesa Contra o Cancro (núcleo de voluntários de Pombal). A iniciativa pretende dar nova vida às camisas de algodão, com o objectivo de as transformar em corações que “servem como apoio do membro superior, a fim de aliviar a pressão da axila sobre a área da cirurgia, diminuindo o edema e aliviando a dor”. A recolha de camisas serve de matéria-prima para a confecção das ‘Almofadas do Coração’”.