Voluntários de Pombal preparam Jornada Mundial da Juventude

0
618

A Igreja do Cardal foi o local escolhido pelo Comité Organizador Territorial (COT) do Marquês para dar a conhecer à comunidade, no último sábado de Julho, após a missa vespertina, os elementos da equipa da Unidade Pastoral (UP) de Pombal que, até 2023, irão colaborar na preparação da Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Para além da UP Pombal, integram ainda o COT Marquês mais cinco Unidades Pastorais: a UP Almagreira, Pelariga e Redinha, a UP Emaús, a UP Sagrada Família, a UP Carriço e a UP Louriçal. Em conjunto, formam o COT Marquês, coordenado por seis elementos, cada um deles em representação destas UP. Entre eles está Isabel Silva, responsável pela equipa de Pombal e a quem coube a apresentação do grupo que a acompanha e do trabalho que irá desenvolver até Julho de 2023. Um momento antecedido pela intervenção do padre João Paulo Vaz, autor da letra do hino do evento (que o próprio ali cantou na ocasião), e para quem a JMJ se assume como um “momento de crescimento na fé”.
Na explicação de Isabel Silva, a JMJ “é um encontro dos jovens de todo o mundo com o Papa”, cujo programa, a iniciar em Novembro próximo, inclui um conjunto de acções que culminam com a presença do líder da Igreja Católica em Julho de 2023, em Lisboa. “Durante estes dois anos de caminho que antecede a JMJ, em cada diocese, em cada arciprestado e em cada paróquia, este caminho será vivido e experienciado de forma crescente e com maior envolvência da comunidade, culminando na semana que antecede a Jornada, em que os jovens provenientes de todo o mundo serão acolhidos, nessa comunidade”, explica Isabel Silva.

“Além de momentos de oração, partilha e lazer, os jovens inscritos participarão em várias iniciativas organizadas pela equipa da JMJ, em diferentes locais da cidade que a acolhe, ficando, durante esses dias, a conhecer melhor a região que os acolhe”, acrescenta aquela responsável. Além disso, “também nós, no arciprestado de Pombal (constituído pelas paróquias de Pombal, Pelariga, Redinha, Almagreira, Louriçal, Carriço, Ilha, Guia, Mata-mourisca, Abiul, Vila Cã e Santiago de Litém) iremos viver essa experiência, também nós iremos acolher participantes das JMJ 2023”.
Acompanham Isabel Silva (coordenadora), na UP Pombal, mais quatro elementos, responsáveis por áreas de trabalho distintas: João Simões (famílias de acolhimento), Raquel Azevedo (imagem, comunicação e logística), Patrícia Santos (voluntários) e Idália Junqueira (secretariado e tesouraria).

João Simões, Raquel Azevedo, Patrícia Santos, Idália Junqueira e Isabel Silva