Abastecimento de energia eléctrica é “ponto fraco” para Pombal

0
935

Um ano após a efeméride que levou a muitas falhas no abastecimento de energia eléctrica e poucos dias após a visita de António Mexia a Leira, vêm a lume as dificuldades sentidas por parte dos empresários.

“Já foi muito pior”, mas a verdade é que continuam a ser muitas as queixas dos empresários instalados em Pombal, que sofrem com as falhas de energia, não só em virtude de avarias, mas fundamentalmente devido aos denominados micro-cortes (interrupções de energia de curta duração). As respostas da EDP têm-se feito sentir junto dos empresários, principalmente na desmotivação e, por vezes, alguma resignação, porque a resposta é sempre a mesma. “A resposta da EDP é que eles estão a cumprir tudo e nós é que temos de fazer os investimentos”, diz João Pedro Baptista, com indústria localizada no Parque Industrial Manuel da Mota, que chega mesmo a ter um dossier com o registo de todas as reclamações que já fez à distribuidora. Um dossier que não tem aumentado pois “chegamos a um momento em que já nem fazemos reclamações”, lamenta.

Leia mais na edição impressa.