Nove antigas escolas vão reabrir como unidades de alojamento

0
548

Nove antigas escolas primárias do concelho de Pombal vão voltar a abrir portas mas, desta feita, para acolher turistas. A ideia partiu da Câmara Municipal, que decidiu dar uma nova vida aos edifícios abandonados, adjudicando-os para fins de utilização turística.
As salas onde outrora as crianças aprendiam a ler e a fazer contas vão agora acolher turistas que visitem o concelho. A autarquia adjudicou nove das 11 escolas que foram a concurso de hasta pública para arrendar.
Assim, serão transformados em unidades de alojamento local os antigos edifícios escolares de Carvalhal (freguesia de Vila Cã), Zambujais, Gesteira e Tissuaria (freguesia de Abiul), Barreiras (freguesia de Redinha), Cavadas, Torneira e Outeiro do Louriçal (freguesia de Louriçal), e Roubã (União de Freguesias de Santiago, São Simão de Litém e Albergaria dos Doze).


“Apenas as antigas escolas de Ladeira e Barrosa (União de Freguesias de Santiago, São Simão de Litém e Albergaria dos Doze) não receberam qualquer proposta”, informou a edilidade, recordando que, numa primeira hasta pública, já tinham sido adjudicadas as antigas escolas de Alhais e Silveirinha Pequena, na freguesia de Carriço.
“Os contratos de arrendamento serão celebrados pelo período de 25 anos, automaticamente renovável por períodos sucessivos de cinco anos, sem prejuízo do exercício do direito de oposição pelas partes contratantes, nos termos da lei”, conclui a autarquia.

Carina Gonçalves | Jornalista