Grupo columbófilo quer aproximar crianças à modalidade

0
1447

O Grupo Columbófilo de Pombal encerrou a sua campanha desportiva no último Sábado, num jantar com cerca de meia centena de sócios e familiares.

Apesar da sala cheia, o presidente do Grupo explicou que a columbofilia “é um desporto que fica dispendioso e por isso não tem muita adesão de jovens”. No entanto, “existe um projecto na gaveta, em parceria com o Município, para fazer um pombal que se deslocará às escolas do concelho para dar melhor conhecimento às crianças”.

Este ano, o Grupo Columbófilo de Pombal reuniu-se no Restaurante Ferreira, na Ranha de Baixo, para comemorar o encerramento da sua campanha desportiva: “Decidimos convidar também as esposas para ter uma sala mais completa”, referiu Jorge Brás, presidente da direcção. Nesta iniciativa, estiveram presentes “o vereador da Câmara Municipal de Pombal, Fernando Parreira; o membro do Conselho Técnico da Associação Distrital, Vítor Simões; o campeão da classe de fundo do distrito, Armindo Mota; dois columbófilos emigrantes em França e um francês”. Jorge Brás, que assumiu o cargo de presidência “durante seis anos seguidos” e que depois de ter interrompido a actividade durante dois, volta a presidir o Grupo, enalteceu ainda o papel de toda a direcção da colectividade, bem como a sua presença no evento.