Gosimac quer aumentar capacidade de exportação de peças para a aeronáutica

0
1230

A Gosimac recebe esta terça-feira, Dia da Europa, a visita da Comissão Directiva do Programa Centro 2030, no âmbito de um projecto de produção de peças de grandes dimensões, para a aeronáutica, financiado por fundos europeus.


Numa nota enviada à imprensa, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) explica que o objectivo do projecto é “dotar a empresa de capacidade produtiva para fabricar produtos direccionados para o sector da aeronáutica, potenciando o aumento da exportação para mercados internacionais”.
Constituída em Julho de 1988, a Gosimac está localizada no Parque Industrial Manuel da Mota, em Pombal, onde projecta e fabrica máquinas e equipamentos para a indústria, bem como peças diversas para equipamentos industriais, fieiras e calibradores para perfis e moldes. A empresa presta também serviços de modelação e programação, maquinação CNC, electro-erosão e controlo dimensional 3D.
Para a presidente da CCDRC, trata-se de uma “visita simbólica para mostrar a importância dos fundos europeus para as empresas e, consequentemente, para o desenvolvimento regional”. Neste novo Programa Centro 2030, as empresas da região vão poder contar, segundo avança a presidente da CCDRC, com “629 milhões de euros”, estando já “dois concursos abertos”, destinados a “apoiar a inovação produtiva de micro, pequenas e médias empresas (PME)”.
Isabel Damasceno revela ainda que o Programa Centro 2020 “aprovou 3.865 projectos empresariais”, que representaram “um investimento de 1.476 milhões de euros e 740 milhões de euros de fundos atribuídos”.