Câmara apoia jovem estudante

0
798

Uma aluna da ETAP está a atravessar uma situação descrita como “precária”. Tem um filho com cinco meses e um “quadro social péssimo”, uma situação que Diogo Mateus apontou na última reunião de Câmara como um “problema humanitário”. Na ocasião, deliberou-se que “ao abrigo do nosso Gabinete de Apoio Social, se proceda durante três meses à atribuição mensal de 300 euros” à estudante.

Leia mais na edição impressa.