CIMRL projecta “metro bus” para ligar Leiria a Pombal

0
1256

A Comunidade Intermunicipal da Região de Leria (CIMRL) quer implementar um “metro bus” para ligar a sede de distrito à cidade da Marinha Grande. O projecto, que numa segunda fase prevê a ligação também a Pombal e Fátima (Ourém), vai ser alvo de uma candidatura no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).
O projecto tem um investimento inicial estimado de 2,5 milhões de euros, que será “parcialmente” financiado pelo PRR, no âmbito de uma rubrica para “apoio à produção de hidrogénio renovável e outros gases renováveis”. O restante valor será suportado pela CIMRL, em parceria com os respectivos municípios.
Trata-se de “uma operação a título piloto”, que numa fase posterior será alargada “a outros locais”, de forma a “densificar a oferta”, disse à Lusa o 1.º secretário executivo da CIMRL, Paulo Batista Santos, salientando que “há condições de, ainda este ano, a operação estar lançada” para executar a primeira fase entre Leiria e a Marinha Grande.
Esta iniciativa resulta de uma parceria com a empresa Leiriense PRF, Gás, Tecnologia e Construção S.A., que desenvolveu o projecto de instalação de uma “unidade de produção, armazenagem, abastecimento, mistura e injecção de hidrogénio para abastecimento de autocarros e aproveitamento do excedente de H2 verde para injecção e mistura na rede de gás natural, objectivo enquadrado no Plano Nacional de Hidrogénio”.
De referir que este projecto de mobilidade sustentável prevê “reduzir a pegada carbónica dos usos individuais de viaturas, através da implementação de um Metro Bus (Leiria H2.Mobilis)”, que mais não é que um “transporte colectivo sustentável com recurso a autocarros movidos a hidrogénio verde”.
O projecto que será depois “alargado às ligações entre as cidades de Leiria, Pombal e Fátima, no concelho de Ourém”, integra a Estratégia de Mobilidade Sustentável e Inteligente da Região de Leiria.