Seis carrinhos de bens para ajudar quem mais precisa

0
1119

A loja social de Albergaria dos Doze realizou uma recolha de alimentos junto ao supermercado Dias e ao Mini-Preço da localidade no fim-de-semana passado. O objectivo deste projecto-piloto foi o de recolher bens alimentares não-perecíveis, de primeira necessidade, para oferecer às pessoas mais desfavorecidas.

Um grupo de voluntários juntou-se, nos dias 14 e 15 de Fevereiro, para apelar ao espírito solidário dos clientes do supermercado Dias e do Minipreço da localidade. Os alunos do Externato Liceal de Albergaria dos Doze responderam ao convite de Miguel Neves, professor de Educação Moral Religiosa Católica, para colaborar nesta causa. “Acaba por lhes dar uma perspectiva do que os rodeia, o ponto em que está a sociedade. Importa saber as necessidades, o que faz falta, e, acima de tudo, que eles são precisos para tornar a sociedade mais igual“, explicou o professor.

“A loja social tem recebido vestuário, mas nós fomo-nos apercebendo de que necessitamos de bens alimentares“, sublinhou Maria José Anastácio, voluntária e responsável pelo projecto de recolha de alimentos.“Além de alertar a comunidade, precisamos de angariar bens alimentares não perecíveis porque é necessário“, referiu.

A Loja Social abriu portas em Albergaria dos Doze no dia 26 de Dezembro de 2009 e trabalha em parceria com outras lojas sociais do Município de Pombal. Destina-se a todas as pessoas que “entendam que lá podem encontrar aquilo que necessitam, a custo zero“, declarou Teresa Guapo, uma das voluntárias que está à frente do projecto. Desde a altura em que a loja abriu portas até hoje “houve uma grande procura pela novidade. Depois estabilizou“.

Uma loja que apoia todos sem distinção mas que acaba por servir mais as crianças ao nível do vestuário, “dado o custo das roupas e a sua desactualização rápida“. Os apoios estendem-se a toda a freguesia de Albergaria dos Doze, mas, devido à sua localização privilegiada acaba também por servir as pessoas dos concelhos vizinhos: de Ourém e de Leiria. “Quando há escassez de bens num determinado sítio ou nós a sintamos, disponiblizamo-nos a ajudar e a ser ajudados“, explicou Maria José Anastácio.

A Loja Social de Albergaria dos Doze está localizada “num espaço físico no escritório da Junta de Freguesia, em Albergaria, no edifício da antiga escola primária, e funciona como uma loja aberta ao público onde as pessoas se deslocam“, explicou Teresa Guapo. Está aberta de segunda a sexta, das 9h às 18h, mas o objectivo é encontrar voluntários que se disponiblizem, também, a colaborar aos fins-de-semana.

Sensiblizar a população de Albergaria dos Doze, nomeadamente os mais novos, para a questão da solidariedade e para o voluntariado é o objectivo da primeira de outras campanhas de recolha de alimentos previstas para este ano. “A solidariedade está instalada no espírito de bem fazer das pessoas, muito para além das fronteiras geográficas da comunidade, e que respondem numa corrente de apoio solidário.“, concluiu a mentora.

A recolha do passado fim-de-semana teve um balanço positivo. Ao todo, foram recolhidos seis carrinhos com bens alimentares e alguma roupa. Massas, cereais, arroz, conservas e sabonetes foram alguns dos bens recolhidos. Foram recolhidos bens não-perecíveis que vão ser entregues “a todas as pessoas que deles necessitem, numa loja social cujas valias são, exclusivamente, sociais“. Afinal a Loja Social de Albergaria dos Dozes “não compra, não vende, redistribui.“

No fim ficou o agradecimento “à D. Manuela, funcionária da Junta de Freguesia, por toda a colaboração que tem dado à Loja Social“. Teresa Guapo não quis deixar de apelar, também, a “quem tenha disponibilidade e tempo para colaborar nesta causa, dado que os voluntários são poucos, mas dedicados“.

DESTAQUE

A loja social apela à ajuda de todos, quer na entrega de bens, quer no aumento do número de voluntários.
Para ajudar basta contactar Maria José Anastácio através do 918789715.
Ana Isabel Mendes

Notícia publicada na edição n.º50, de 19 de Fevereiro