PS alerta para “descuido” com equipamentos municipais nas Meirinhas

0
1294

O Partido Socialista de Pombal realizou uma visita de trabalho à freguesia de Meirinhas, identificando situações que entende carecerem de solução urgente. Duas delas, prendem-se com as condições do campo de futebol e do pavilhão gimnodesportivo.

Foi no passado dia sete de Março que a concelhia do PS de Pombal se deslocou às Meirinhas, para conhecer alguns dos problemas identificados pelos seus representantes na assembleia de freguesia. A visita começou pelo campo de futebol, onde se aperceberam de dois problemas essenciais, “a parte destinada ao público não estar ainda devidamente arranjada para que as pessoas possam assistir a um espectáculo de futebol com dignidade”, notou Carlos Lopes, líder da concelhia, bem como aquilo que apelidou como uma certa falta de zelo pela infraestrutura. “Há ali um descuido que, para uma obra do Município, não fica bem”, afirmou.

Também no pavilhão gimnodesportivo foram identificados alguns problemas relacionados com infiltrações, o que não consideram ser muito aceitável para uma estrutura tão recente. “Têm de ser tomadas medidas drásticas para que o espaço não se degrade”, defendeu Carlos Lopes.

A comitiva, que incluiu também alguns elementos da Juventude Socialista, visitou ainda o local onde estão a ser feitas as obras do Lar da Felicidade, onde constatou os constrangimentos em termos de acessibilidades e estacionamento, agravados por se tratar de um local onde será previsível a frequente necessidade de circulação de meios de socorro. A alternativa identificada, passa por prolongar uma abertura já existente, por forma a ter acesso a outra estrada. “Cremos que seria oportuno e pertinente que a Junta de Freguesia reunisse rapidamente com os proprietários desses prédios e que os conseguisse alertar para a necessidade de fazer um alargamento daquele acesso”.

A tarde de trabalho terminou junto ao IC2, no local para onde estão projectadas as obras que permitirão resolver os problemas de acesso à zona industrial. Como não poderia deixar de ser, foi dada nota da importância, para a população desta zona do concelho, do nó de acesso à Autoestrada, como forma de aliviar o tráfego no IC2, entre Pombal e Leiria.

Situação “bizarra”

No decorrer da visita dos socialistas, foi notado um local de passagem e paragem de peregrinos, onde a indicação de ecopontos já figura há mais de um ano. Contudo, ainda faltam, precisamente, os ecopontos. Junto ao mesmo espaço, encontra-se uma ponte que mereceu a atenção da comitiva, uma vez que vai dar a terrenos sem qualquer edificação. “Não percebemos muito bem qual é o sentido da construção, mas ela está lá e portanto iremos tratar de saber porque é que foi construída e a quem serve aquela ponte, porque é uma situação, no mínimo, bizarra”, constatou Carlos Lopes.

Ana de Jesus

Notícia publicada na edição nº50, de 19 de Fevereiro