Programação de Natal começa hoje e vai chegar a todas as freguesias

0
1733

Este ano, a programação de Natal do Município de Pombal vai chegar às 13 freguesias do concelho, com iluminação, concertos de carrilhão e um “Camião do Natal”, itinerante, para o público infantil.

Ana Fernandes, da Adilpom (parceira da iniciativa), Diogo Mateus, Ana Cabral e Sónia Fernandes

Na conferência de imprensa de apresentação do programa “Natal na Cidade”, realizada esta quarta-feira, dia 2, nos Paços do Concelho, o presidente da Câmara, Diogo Mateus, destacou o maior número de ruas iluminadas na cidade de Pombal, que terão a maior cobertura de sempre. Por outro lado, a iluminação natalícia é alargada, este ano, às sedes de freguesias, às quais foi destinado um valor global de 25 mil euros para este fim, distribuído de acordo com as dimensões de cada uma delas. Carnide, Meirinhas, Pelariga, Redinha e Vila Cã receberão 1.500 euros cada, enquanto as freguesias de Abiul, Almagreira, Carriço, Louriçal e Vermoil receberão 2.000 euros cada. Por sua vez, a freguesia de Pombal e as uniões de freguesias da Guia, Ilha e Mata Mourisca e de Santiago e São Simão de Litém e Albergaria dos Doze receberão, cada uma, um apoio de 2.500 euros.

Tal como na iluminação, também a programação de Natal do município se estende mais às freguesias. O carrilhão LVSITANVS, “o maior e mais pesado carrilhão itinerante do mundo”, composto por 63 sinos, vai percorrer todo o concelho, nos dias 12 (Meirinhas, Mata Mourisca e Vila Cã), 13 (Redinha, Louriçal e Almagreira), 18 (Santiago de Litém), 19 (Pelariga, Abiul, Carnide) e 20 (Carriço, Vermoil e Pombal).
A descentralização do “Natal na Cidade”, destacada pela vereadora da Cultura, Ana Cabral, inclui, igualmente, a itinerância do “Camião do Natal” com um espectáculo que vai chegar a todas as crianças dos jardins-de-infância e escolas do concelho, com figuras natalícias e artistas locais, no sentido de os valorizar, disse a vereadora.
“Completa o programa do carrilhão, que também irá levar essa animação a todas as freguesias”, declarou Ana Cabral, explicando que se pretende, desta forma, envolver as freguesias mas também evitar aglomerações de público na cidade.
Já na cidade de Pombal, não faltará animação musical de rua com a participação dos “bombos de Carnide, concertinas do Marquês e acordeonistas de Pombal”, revelou Ana Cabral. A tradicional Casa do Pai Natal, instalada no Largo do Cardal, junto ao Pai Natal de grandes dimensões, promete voltar a ser outra das atracções, mas ano “reinventada”, com cenografia do marionetista José Ramalho. Para dar resposta ao actual contexto epidemiológico também o mercado de Natal foi “reinventado”. A iniciativa, que decorre de 17 a 23 de Dezembro no Jardim do Cardal, conta com a participação de 15 quiosques de artesãos e produtores locais.
A par de tudo isto, Diogo Mateus apontou ainda “momentos de literatura, música e teatro”, ‘workshops’, oficinas e cinema.
Na programação constam, também, exposições ou o espectáculo “O Quebra Nozes”, em ‘video mapping’, no Largo do Cardal.
O autarca enumerou, ainda, um conjunto de acções com a Associação Comercial e de Serviços de Pombal, para se ter um “esforço adicional de toda a comunidade, com o município à cabeça”, para melhorar a prestação financeira das empresas e se aproveitar a época natalícia para conjugar a animação, “não pondo em causa a segurança das pessoas” na sequência da pandemia de covid-19.
De acordo com os números avançados pelo presidente da Câmara, em iluminação de Natal o município vai gastar 52 mil euros em aluguer de equipamentos e vai comprar outros no valor de 20 mil, para posterior reutilização, a que acresce o IVA.