Pombal acolhe encontro nacional das cidades educadoras

0
1418

A cidade de Pombal acolhe, esta sexta-feira, o encontro nacional da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras. O evento decorrerá durante todo o dia e deverá contar com representantes de mais de seis dezenas de municípios.
A sessão de abertura está prevista para as 10h00, no Teatro-Cine, com as intervenções de Diogo Mateus, presidente da Câmara de Pombal, e Ana Maria Cabral, vereadora da Educação.
Seguir-se-á a intervenção de Luís Alcoforado, da Universidade de Coimbra, que abordará a temática “Territórios educadores – projectar mudanças, aproveitar oportunidades”.
Ainda da parte da manhã, os participantes terão oportunidade de percorrer a Rota Pombalina, com incidência na zona histórica da cidade.
Após almoço servido no Celeiro do Marquês, decorrerá na Biblioteca Municipal o momento sobre “Valorização de novas competências”, com a apresentação da plataforma “Milage Aprender+”, um projecto sobre matemática desenvolvido pela Universidade do Algarve.
Seguir-se-á a reunião da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras, que antecederá uma visita ao “Makerspace Doing Pombal”, instalado na Biblioteca Municipal.
A Rede, que integra 77 municípios, e à qual o Município de Pombal aderiu em 2008, é a “instância de reflexão e debate dos Princípios da Carta das Cidades Educadoras”, coordenando e fomentando as actividades promotoras a nível municipal e nacional.
Procura que os municípios portugueses “incorporem esta filosofia de intervenção nas suas políticas, envolvendo e articulando transversalmente as intervenções das várias entidades e instituições que interagem nas cidades, procurando um trabalho educador a nível municipal e mais amplamente ainda, a nível nacional e internacional.”

Partilhar
Artigo anteriorOlly Óptica traz colecção arrojada e colorida
Próximo artigoMaria Luís Brites apresenta ‘Vidas em Chamas’
Ingressou no jornalismo, em 1989, como colaborador no extinto “Pombal Oeste” que foi pioneiro na modernização tecnológica. Em 1992 foi convidado a integrar a redacção de “O Correio de Pombal”, onde permaneceu até 2001, quando suspendeu a profissão para ser Director de Comunicação e Marketing de um grupo empresarial de dimensão ibérica. Em 2005 regressou ao jornalismo, onde continua, até aos dias de hoje, a aprender. Ao longo destes (largos) anos de actividade, atestados pelo Carteira Profissional obtida em 1996, passou por vários jornais, uns de âmbito regional e outros nacional, onde se inclui o “Jornal de Notícias” e “Público”. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal” onde se produz conteúdos das pessoas para as pessoas. Foi convidado a colaborar, de forma regular, com o “Pombal Jornal”, quinzenário com o qual deixou de colaborar no final de Maio de 2020.