Pombal abre centro de apoio à integração de migrantes

0
541

Pombal vai disponibilizar, a partir de hoje, um serviço para acolhimento, informação e apoio a cidadãos migrantes. Falamos do Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes (CLAIM), que é inaugurado hoje à tarde (12 de Janeiro), com a presença da secretária de Estado da Igualdade e Migrações, Isabel Almeida Rodrigues.

“A instalação do CLAIM enquadra-se na estratégia municipal em acolher cada vez melhor os cidadãos que escolhem o território para se fixarem”, refere uma nota da autarquia.

O CLAIM, que vai funcionar no edifício da Loja de Cidadão, localizado no centro histórico de Pombal, é “mais uma condição para que as pessoas que escolham o nosso território se sintam devidamente integradas”, afirma o presidente da Câmara.

Por outro lado, este centro também é importante, uma vez que “Pombal é um território que, em termos de acessibilidades, é central no país, mas também porque tem várias ofertas turísticas, culturais, desportivas, de saúde”, considera Pedro Pimpão.

De referir que o funcionamento do CLAIM será assegurado por técnicos do município, com “formação ministrada pelo Alto Comissariado para as Migrações”, entidade que disponibilizará igualmente informação sobre as áreas da integração e migrações, mas também de outras políticas públicas, tendo no centro da actuação a salvaguarda dos direitos dos cidadãos imigrantes.

Desta forma, “Pombal assume-se como um concelho comprometido e empenhado em promover a inclusão social de todos os seus habitantes”, entre os quais estão um “número significativo” de residentes estrangeiros.

A edilidade informa ainda que “os CLAIM são gabinetes/ espaços de acolhimento, informação e apoio que têm como missão apoiar todo o processo de acolhimento e integração de pessoas migrantes, articulando com as diversas estruturas locais e promovendo a interculturalidade a nível local”.

Estes serviços prestam apoio e informação geral em diversas áreas, tais como, regularização, nacionalidade, reagrupamento familiar, habitação, retorno voluntário, trabalho, saúde, educação, entre outras questões do quotidiano.

O CLAIM de Pombal resulta de uma cooperação entre o município, o Alto Comissariado para as Migrações, I.P., e a Associação de Desenvolvimento e Iniciativas Locais de Pombal (Adilpom).