Arguido confessou homicídio

0
1377

Está a decorrer no Tribunal da Comarca de Pombal, o julgamento do homem que matou o irmão e a cunhada com tiros de caçadeira, na Mata Mourisca em Setembro de 2012. Durante a manhã, foi ouvido o arguido, Joaquim Gomes, que confessou o crime, mas defendendo que só terá identificado as vítimas após ter feito os disparos. Foram também ouvidos os Inspectores da Polícia Judiciária que acompanharam o caso e o Cabo da GNR da Guia que esteve no local do crime, após os factos.
O julgamento continua durante a tarde.