Cadela Malu integra dupla terapêutica na Cercipom

0
540

A Malu, uma jovem cadela de raça Golden Retriever, é a nova ‘coqueluche’ da Cooperativa de Ensino e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Pombal (CERCIPOM), onde faz as delícias de todos. Mas mais do que proporcionar momentos de alegria, a Malu tem uma missão muito específica: a cadela integra o projecto “Cãopanheiro na CERCIPOM”, tendo por base o modelo de Intervenções Assistidas por Animais (IAA). Uma estratégia terapêutica “que advoga que o vínculo humano-animal é um relacionamento mutuamente benéfico que melhora a vida física, social e emocional daqueles com quem se trabalha”, explica a terapeuta ocupacional, Sara Marques, dinamizadora do projecto. Ainda numa etapa inicial, o objectivo é “promover competências a vários níveis, bem-estar e qualidade de vida dos/as clientes, através de um programa de intervenções assistidas por animais”, acrescenta aquela responsável.
Sara Marques esclarece, ainda, que a cadela “tem estado inserida nas dinâmicas e actividades do Centro de Actividades Ocupacionais (CAO), passando por uma fase de educação e treino, com a finalidade de integrar uma dupla de intervenção (terapeuta/cão)”. Uma “fase crucial para a socialização do animal”, salienta a terapeuta ocupacional, bem como para a “relação animal-clientes, ambientação ao espaço físico e conduta do cão”.
Muito sociável, Malu está “sempre pronta para receber os melhores biscoitos das mãos de clientes e colaboradores/as”, conta Sara Marques, revelando que a jovem Golden Retriever “já provou ser uma amiga bem especial, resultando desta relação benefícios para todas as partes: clientes, colaboradores e, claro, para a nossa cadela”.