Projecto para requalificar IC2 até à Redinha em concurso público

0
846

A requalificação do Itinerário Complementar (IC) 2 no concelho de Pombal deverá arrancar no primeiro semestre de 2022. O projecto de requalificação do troço entre Meirinhas e a cidade de Pombal está praticamente concluído e já foi lançado o concurso para executar o projecto desde a Boa Vista Norte (concelho de Leiria) até Meirinhas e de Pombal até ao Marco do Distrito, na freguesia da Redinha, informou no presidente da Câmara Municipal, Diogo Mateus, na última reunião de executivo, realizada a 10 de Setembro.

Esta empreitada vai incidir na requalificação do IC2/EN1 desde o quilómetro 131, na Boa Vista (concelho de Leiria), até ao quilómetro 164,252, no Marco do Distrito.

O projecto de requalificação do troço entre Meirinhas e a cidade de Pombal, cuja execução é da responsabilidade do município, “está praticamente concluído” e será entregue nos próximos dias à Infraestruturas de Portugal (IP) para apreciação, adiantou o vice-presidente da autarquia, salientando que, “estando tudo bem, avançará de imediato para a Secretaria de Estado para se lançar o procedimento concursal da empreitada, a qual será financiada pelo PRR [Plano de Recuperação e Resiliência]”.

A requalificação a sul da cidade de Pombal, entre o quilómetro 136,7 e 148,5, apresenta “soluções idênticas” às adoptadas nas partes já intervencionadas do IC2, adiantou Pedro Murtinho, sublinhando que o projecto “inclui nove rotundas” entre Meirinhas e Pombal.

Além disso, está “prevista uma passagem inferior entre a rua do Seixo e a zona do Estádio Municipal”, a qual está a aguardar “o parecer final da IP para ser lançado o projecto de execução desta obra, que também será importante do ponto de vista de mobilidade e segurança rodoviária nesta zona”, sublinhou o vereador.

Por sua vez, a execução do projecto nos troços desde a rotunda norte da Boa Vista (concelho de Leiria) até Meirinhas, entre os quilómetros 131 e 136,700, e de Pombal até ao Marco do Distrito, entre os quilómetros 148,500 e 164,252, está em concurso público. O procedimento tem um “preço base de 400 mil euros para os dois troços”, para os quais se perspectivam “o mesmo tipo de soluções” que foram adoptadas para o trajecto desde as Meirinhas até Pombal.

“Estas empreitadas estão previstas no PRR”, disse Pedro Murtinho, salientando que “as obras avançarão assim que os projectos estiverem elaborados”.

“A correr bem, teremos a obra lançada este ano e no primeiro semestre de 2022 já teremos os trabalhos a decorrer, nomeadamente no troço entre Meirinhas e Pombal”, referiu o autarca.

Ainda no que toca ao IC2, a autarquia está a aguardar “a qualquer momento pela aprovação final da IP” relativa ao projecto para executar uma rotunda de ligação à Zona Industrial da Formiga, próxima do nó de acesso ao IC8, cuja construção poderá avançar no início do próximo mandato.

 

PASSEIOS NA EN109

Entretanto, a Câmara Municipal de Pombal está também a aguardar que seja firmado com a IP um acordo de execução para a requalificação da Estrada Nacional (EN) 109, revelou o vice-presidente da autarquia.

Este acordo visa a “construção de passeios no troço da EN109, entre a rotunda de acesso ao IC8 e os Matos do Carriço”, informou Pedro Murtinho, considerando que se trata igualmente de “uma obra muito importante do ponto de vista rodoviário”.